Itens de Pelé e Muhammad Ali são destaques de leilão “Século de Campeões”

Divulgação
Divulgação

O troféu Jules Rimet foi dado especialmente a Pelé depois que ele ajudou o Brasil a conquistar sua terceira Copa do Mundo em 1970

Um troféu único criado para Pelé e uma tocha olímpica dos Jogos de 1996 usada e autografada por Muhammad Ali são alguns dos itens que irão a leilão em breve para comemorar os últimos 100 anos de conquistas no esporte.

A Sotheby’s disse hoje (17) que fez uma parceria com os especialistas em esporte da Goldin Auctions para oferecer 100 lotes de artigos de atletas como Babe Ruth, Rafael Nadal, Muhammad Ali, Tom Brady e LeBron James para um leilão virtual entre os dias 24 de novembro e 4 de dezembro.

LEIA MAIS: SP anuncia renovação de contrato para corrida da F1 em Interlagos até 2025

O leilão “Século de Campeões” cobre artefatos dos mundos do beisebol, tênis, basquete, boxe e mais, incluindo cartões de colecionadores e peças de roupa raros.

O troféu Jules Rimet dado especialmente a Pelé depois que ele ajudou o Brasil a conquistar sua terceira Copa do Mundo em 1970 deve conseguir até US$ 800 mil. Ele foi feito pela Fifa para Pelé e havia sido vendido pelo jogador em um leilão de objetos de sua carreira em 2016.

Um cartão Playoff Contender Championship assinado pelo então novato Tom Brady de 2000, descrito como em condição quase perfeita, está avaliado entre US$ 250 mil e US$ 300 mil, e um cartão Topps de 1952 do então jogador de beisebol estreante Mickey Mantle pode conseguir até US$ 200 mil, disseram as casas de leilões Sotheby’s e Goldin.

O recorde mundial de preço de um artigo esportivo foi estabelecido em dezembro de 2019, quando o Manifesto Olímpico de 1982 de Pierre de Coubertin foi vendido em Nova York por US$ 8,8 milhões, oito vezes o preço esperado. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).