No ponto: Fi-lo porque qui-lo

A frase é atribuída ao ex-presidente Jânio Quadros, famoso por suas conjugações verbais incomuns. Será que é correto falar assim?.

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/ Arquivo Nacional
Reprodução/ Arquivo Nacional

O ex-presidente Jânio Quadros (ao centro) é creditado pela frase “fi-lo porque qui-lo”

Acessibilidade


“Fi-lo porque qui-lo”. Certamente você já ouviu essa frase e questionou-se acerca dela, afinal, até o mais desatento dos ouvintes fica de orelhas em pé quando esbarra em construções pouco, digamos, eufônicas.  Atribuído ao ex-presidente Jânio Quadros, o tal do “Fi-lo porque qui-lo” já virou até nome de restaurante, acredita? Mas seria correto escrever e falar assim?

Bem, “Fi-lo porque qui-lo” significa “Fiz porque quis”. Em 1961, ao ser questionado sobre o motivo da renúncia, Jânio teria respondido “Fi-lo porque qui-lo.”, ou seja, ele fez porque quis e ponto final. Mas chega de história, que você quer mesmo é saber se essa bendita afirmação contém erro ou não.

LO consiste na junção do pronome oblíquo O à letra L. Isso acontece quando o verbo termina em R, em S ou em Z, letras que devem ser eliminadas da construção. Veja: compraR-o vira comprá-lo, quiS-o vira qui-lo e satisfiZ-o vira satisfi-lo. Retiramos o R, o S e o Z e acrescentamos o L.

SAIBA MAIS: No ponto: Vontade de ficar à toa ou à-toa?

Então “Fi-lo porque qui-lo.” está correto? Acalme-se, leitor. Devagar com o andor, que o santo é de barro. Nas regras de colocação pronominal, a conjunção “porque” atrai, obrigatoriamente, o pronome. Ela, nesse caso, funciona como um ímã, que tem a força de puxar o “o”. Logo, o correto seria “Fi-lo porque o quis”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Teria Jânio Quadros usado essa frase? Culto como era, se o fez, foi para brincar conosco. Não é à toa que estamos aqui, 61 anos depois, falando justamente de quem? Dele. E por que fiz um artigo sobre isso? Ora… Fi-lo porque o quis. E ponto final.

Até semana que vem.

Compartilhe esta publicação: