Ibovespa opera acima de 80 mil pontos com apoio do exterior

Rahel Patrasso/Reuters
Às 12:18, o Ibovespa subia 2,59 %, a 81.019,71 pontos

O Ibovespa registrava firme alta hoje (22), perto do patamar de 81 mil pontos, com papéis de Petrobras como destaque de ganhos e apoio da influência externa positiva.

Às 12:18, o Ibovespa subia 2,59 %, a 81.019,71 pontos. O volume financeiro da sessão somava R$ 8,8 bilhões.

LEIA MAIS: Ibovespa resiste à forte pressão negativa de Wall St. e fecha quase estável

Antes da abertura da sessão regular, o principal contrato futuro de Ibovespa chegou a cair mais de 1%, diante da queda de bolsas internacionais na véspera (21), quando a bolsa paulista estava fechada por conta do feriado de Tiradentes.

Mas logo o viés mudou, seguindo a melhora de mercados globais, que reagiam a resultados trimestrais mais fortes do que o esperado de empresas dos Estados Unidos, novos estímulos do governo norte-americano para reduzir o impacto do coronavírus, além da recuperação parcial dos futuros de petróleo.

Após colapso histórico, o petróleo brent começava a se recuperar, tendo recuado mais cedo para abaixo de US$ 16, menor nível desde 1999, impulsionados por cortes voluntários e forçados de produção, como forma de combater o excesso de oferta causado pela crise do coronavírus.

O Brent subia cerca de 10%, enquanto o petróleo dos Estados Unidos avançava 30%.

No cenário doméstico, a semana também é marcada pelo início da temporada de balanços referentes ao primeiro trimestre, com Hypera divulgando seus resultados na sexta-feira (24).

A XP Investimentos apontou que o destaque da temporada devem ser as perspectivas de executivos sobre para o restante do ano, uma vez que o impacto da pandemia de coronavírus deve ocorrer principalmente a partir do segundo trimestre. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).