B2W aprova aumento de capital de R$ 4 bilhões a R$115 por papel

Getty Images
Getty Images

Conselho de administração da B2W aprovou aumento do capital de R$ 4 bilhões, para subscrição privada, a R$ 115,00 por papel

O conselho de administração da B2W aprovou ontem (21) aumento do capital de R$ 4 bilhões, para subscrição privada, a R$ 115,00 por papel – quase sem desconto em relação à cotação do fechamento da véspera, de R$ 119,23.

De acordo com aviso a acionistas da empresa de comércio eletrônico, a operação permitirá a aceleração do plano estratégico de crescimento, incluindo eventuais aquisições estratégicas, mantendo o compromisso de geração de caixa.

Forbes Pitch: 316 pequenas e médias empresas ganham visibilidade com iniciativa da Forbes durante a crise

O aumento prevê a emissão de 34.782.609 novas ações ordinárias e os acionistas terão o direito de exercer a preferência na subscrição das novas ações emitidas, na proporção de suas participações no dia 24 de julho.

O acionista titular de 1 ação de emissão da B2W no dia 24 de julho de 2020, terá o direito de subscrever 0,06628977891 (6,628977891%) ação no âmbito do aumento de capital.

O percentual de diluição para os acionistas que não subscreverem nenhuma ação será de 6,216863391%.

A Lojas Americanas, acionista controladora, comprometeu-se a exercer o direito de preferência para a subscrição das ações na proporção da sua participação, bem como subscrever um eventual saldo de ações não subscritas.

No último dia 14, a Lojas Americanas captou R$ 7,87 bilhões em oferta restrita de ações, com parte desses recursos prevista para capitalização da B2W. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).