Ericsson tem lucro acima de estimativas no 2° trimestre

balancos financeiros
balancos financeiros

Ericsson divulgou lucro trimestral acima das estimativas do mercado, impulsionado por margens mais altas nas vendas

A Ericsson divulgou hoje (17) lucro trimestral acima das estimativas do mercado, impulsionado por margens mais altas na venda de equipamentos de telecomunicações, e afirmou que mantém suas metas financeiras para 2020 e 2022.

Apesar da incerteza econômica causada pela pandemia de coronavírus, muitas empresas de telecomunicações em todo o mundo estão avançando com planos de atualização para redes 5G, elevando o número de contratos comerciais assinados pela Ericsson para 99.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

A Ericsson e a Nokia também devem ser beneficiadas da decisão do Reino Unido nesta semana de proibir a chinesa Huawei de participar da implantação das redes 5G no país.

“Alguns clientes estão acelerando seus investimentos, enquanto outros estão temporariamente cautelosos”, disse o presidente-executivo Börje Ekholm em comunicado. “Com a visibilidade atual, mantemos as metas do grupo para 2020 e 2022.”

Mas alguns dos contratos assinados pela Ericsson tiveram um custo.

A empresa teve um impacto nas margens brutas ao sofrer uma redução de valor de cerca de 1 bilhão de coroas (US$ 109 milhões) em estoque de produtos.

Incluindo a perda de 1,6 ponto percentual, a margem bruta aumentou para 38,2% no trimestre, ante 36,7% no mesmo período do ano anterior.

LEIA MAIS: China diz que vai cumprir acordo comercial com EUA mas responderá a ‘bullying’

O lucro operacional trimestral ajustado da empresa no segundo trimestre subiu para 4,5 bilhões de coroas suecas (US$ 495,85 milhões) em relação aos 3,9 bilhões de coroas suecas de um ano atrás, superando a previsão média de 3,36 bilhões de coroas, segundo a Refinitiv.

A receita total aumentou 1%, para 55,6 bilhões de coroas suecas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).