Primeira parte da reforma tributária com criação de IVA vai para Congresso na terça, diz Guedes

O ministro ainda disse que a medida teve atraso por conta do desentendimento político advindo da crise do coronavírus

Redação
Compartilhe esta publicação:
ueslei-marcelino_reuters
ueslei-marcelino_reuters

Essa primeira fase contemplará a junção de PIS e Cofins num Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

Acessibilidade


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo encaminhará ao Congresso na próxima terça-feira (21) a primeira tranche da proposta da reforma tributária, que já está na Casa Civil.

Ao falar em live do evento online “Expert XP”, promovida pela XP.Inc. agora à noite, o ministro pontuou que essa primeira fase contemplará a junção de PIS e Cofins num Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

VEJA MAIS: Vamos fazer três ou quatro “grandes” privatizações neste ano, diz Guedes

Ele também disse que não pode afirmar que haverá um imposto sobre transações na reforma tributária. “Se eu for começar sobre o que nos desune, vai acabar a reforma tributária antes de a gente começar”, afirmou.

Segundo Guedes, o governo irá aumentar novamente os limites dos programas de crédito, após avaliar que em duas semanas eles já acabaram.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em outra frente, o ministro disse ter acertado com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que o governo empurrará a reforma administrativa para os deputados começarem a processar, com os parlamentares ajudando com a apreciação dos marcos regulatórios. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: