Governo publica decreto sobre prorrogação do auxílio emergencial a R$ 300

Extensão prevê repasses adicionais de quatro parcelas com o valor mais baixo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/ Reuters
Adriano Machado/ Reuters

Extensão prevê repasses adicionais de quatro parcelas com o valor mais baixo

Acessibilidade


O governo federal publicou ontem (16) decreto que confirma a prorrogação do auxílio emergencial até o final deste ano, com novo valor de R$ 300 por mês, conforme edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Inicialmente, o benefício pago era de R$ 600 mensais. A prorrogação, que foi feita por medida provisória, prevê repasses adicionais de quatro parcelas com o valor mais baixo. O decreto disciplina esse auxílio residual.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A norma prevê uma série de condições para que uma pessoa seja elegível para receber o benefício, como não poder acumular o auxílio residual com qualquer outra ajuda emergencial federal, exceto Bolsa Família, ou ter conseguido emprego formal após receber a ajuda.

O auxílio emergencial tem sido um dos principais instrumentos do governo para amenizar os efeitos da crise econômica decorrente da pandemia de Covid-19 no país. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: