Tesla tem recorde trimestral de entregas, mas ações caem

Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

A produção total da Tesla no trimestre subiu 76% em comparação com o trimestre anterior.

A Tesla anunciou hoje (2) que entregou 139.300 veículos no terceiro trimestre, um recorde trimestral para a montadora elétrica, mas as ações caíam 5%.

A empresa superou ligeiramente as estimativas de consenso da Refinitiv para entregas, de 134.720 veículos, mas ficou aquém de algumas das previsões mais otimistas de Wall Street, com analistas emitindo uma ampla gama de estimativas.

LEIA MAIS: Startup do cofundador da Tesla recebe investimento de fundo climático da Amazon

A Tesla entregou 124.100 unidades do Modelo Y e Modelo 3, ligeiramente abaixo das expectativas de consenso da Refinitiv de 128.000 veículos do Modelo 3 e do Modelo Y combinados. Alguns analistas esperavam uma demanda mais fraca dos EUA pelo Model 3 devido ao lançamento do Modelo Y.

A Tesla já entregou cerca de 318 mil veículos este ano, colocando a empresa sob pressão para aumentar as entregas para quase 182 mil no quarto trimestre, para alcançar sua ambiciosa meta de meio milhão de entregas neste ano.

A produção total da Tesla no trimestre subiu 76% em comparação com o trimestre anterior, a 145.036 veículos.

A empresa disse no último trimestre que a produção em sua fábrica na Califórnia subiu para níveis pré-pandêmicos após a produção em sua fábrica principal de veículos ser suspensa entre março e maio devido aos pedidos de bloqueio da Covid-19.

O impulso de entrega da Tesla foi apoiado por sua nova fábrica em Xangai, a única atualmente produzindo fora da Califórnia. A Tesla começou a entregar o Modelo 3 de sua fábrica na China em dezembro e disse que pretende produzir 150 mil sedãs Modelo 3 na fábrica por ano e, posteriormente, 250 mil veículos por ano, incluindo o Modelo Y.

A Tesla também está montando uma nova fábrica de veículos e baterias na Alemanha, e pretende iniciar a construção de uma fábrica de veículos em Austin, Texas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).