Ibovespa fecha em alta com disparo da PetroRio e melhora no exterior

O dólar fechou em mínima de dois meses, negociado a R$ 5,31 na venda

O Ibovespa fechou o dia em alta de 0,52%, aos 106.669 pontos em uma sessão marcada por leve volatilidade, beneficiado pela melhora em Wall Street e com PetroRio (PRIO3) disparando quase 25% após anunciar a compra de participações da petroleira britânica BP em dois blocos no pré-sal. Com a transação, a PetroRio torna-se operadora dos ativos localizados em uma região altamente produtiva. A transação, considerada rara pelo mercado, movimentou US$ 100 milhões.

Apesar do sobe e desce, o saldo do Ibovespa nos últimos 30 dias ainda é positivo, com o indicador avançando 4,78%. Entre os principais suportes, vale destacar que a bolsa brasileira é impulsionada pela entrada de capital externo e pela rotação de portfólio para ativos de valor e cíclicos, com maior peso no índice.

O dólar fechou em queda e renovou mínima em dois meses ante o real nesta quinta-feira, com o mercado espelhando a fraqueza da moeda norte-americana no exterior em meio a alguma recuperação do apetite por risco nas bolsas de valores. A divisa teve queda de 0,51% contra o real, negociada a R$ 5,31 na venda. Para o estrategista Dan H. Kawa, da TAG Investimentos, “após um período de forte desempenho (do dólar), é natural alguma consolidação ou realização de lucros”, afirmou em entrevista à agência Reuters.

Em Wall Street, o avanço da segunda onda do coronavírus e o aumento nos pedidos de seguro desemprego nos Estados Unidos na última semana – para 742 mil novas solicitações – foram ofuscados pela notícia de que as negociações entre republicanos e democratas para um segundo pacote de estímulo à economia dos EUA serão retomadas. O Dow Jones fechou o dia em alta de 0,15%, o S&P 500 valorizou 0,39% e o Nasdaq Composite teve ganhos de 0,87% no dia.

Nos indicadores domésticos, o boletim Prisma Fiscal revelou hoje que o mercado prevê um déficit primário do governo central em R$ 844,8 bilhões em 2020 e, para 2021, o déficit previsto é de R$ 224,8 bilhões. Já a expectativa para a dívida bruta em 2020 foi mantida estável em 94,50% do Produto Interno Bruto (PIB).

 

DESTAQUES DO IBOVESPA

Maiores Altas

PRIO3: +24,15% a R$ 43,95

GOLL4: +3,60% a R$ 22,73

CVCB3: +3,53% a R$ 16,41

AZUL4: +2,92% a R$ 35,30

CSNA3: +2,45% a R$ 20,10

 

Maiores Baixas

MRFG3: -2,97% a R$ 14,38

BRFS3: -2,81% a R$ 20,72

COGN3: -2,53% a R$ 5,00

YDUQ3: -2,33% a R$ 29,79

BEEF3: -1,77% a R$ 9,97

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).