Jeff Bezos fica US$ 14 bilhões mais rico nos últimos sete dias

Alex Wong/Getty Images
Alex Wong/Getty Images

Patrimônio de Jeff Bezos teve alta de US$ 13,9 bilhões, totalizando US$ 193,4 bilhões, segundo estimativas da Forbes

Apesar da incerteza sobre o resultado da eleição presidencial norte-americana, o mercado de ações dos Estados Unidos teve sua melhor semana desde abril, adicionando bilhões de dólares às fortunas de alguns dos homens mais ricos do mundo. Essa recuperação da bolsa fez o líder do ranking, o fundador e CEO da Amazon Jeff Bezos, aumentar seu patrimônio em US$ 13,9 bilhões, totalizando US$ 193,4 bilhões segundo estimativas da Forbes.

Entre 30 de outubro e 6 de novembro, as ações da Amazon saltaram mais de 9%, valorização igual à da Nasdaq, mas maior do que o S&P 500, que avançou 7,3%, e o Dow Jones, 6,9%.

LEIA MAIS: 10 bilionários mais ricos da China em 2020

Além da Amazon, outras ações de tecnologia lideraram a alta do mercado desta semana. Como os resultados das eleições apontam para uma divisão do Congresso norte-americano – com grande presença republicana no Senado –, houve uma valorização das ações de grandes empresas de tecnologia como Facebook e Alphabet, controladora do Google. Analistas de Wall Street esperam que, sob um Congresso dividido, as Big Techs tenham menos probabilidade de enfrentar o escrutínio regulatório.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, a quarta pessoa mais rica do mundo, também viu sua fortuna aumentar nos últimos dias. Com as ações do Facebook subindo 11,5%, seu patrimônio líquido cresceu quase US$ 11 bilhões, atingindo US$ 107,7 bilhões.

A segunda pessoa mais rica do mundo, o presidente e CEO da LVMH, Bernard Arnault, ganhou US$ 11 bilhões, elevando sua fortuna para US$ 124,3 bilhões. As ações de sua gigante de luxo – mãe de marcas como Bulgari, Guerlain e Dom Pérignon – subiram mais de 10% nesta semana. A performance da companhia têm avançado nas últimas semanas, enquanto os investidores aguardam a fusão com a joalheria de luxo norte-americana Tiffany & Co. Embora as negociações da fusão tenham sido paralisadas por uma disputa legal, na semana passada a Tiffany voltou à mesa de negociações e aceitou a oferta da LVMH com um desconto de US$ 15,8 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Os 10 atletas mais bem pagos da última década

Enquanto isso, os cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, viram suas fortunas subir US$ 5,7 bilhões e US$ 5,5 bilhões, respectivamente, já que os papéis do gigante de busca também tiveram uma semana de alta, com valorização de quase 9%. Ambos são acionistas majoritários da Alphabet, empresa controladora do Google. Assim, Page tem, agora, US$ 77,6 bilhões, enquanto Brin acumula US$ 75,4 bilhões.

O patrimônio líquido do CEO da Tesla, Elon Musk, aumentou US$ 7,8 bilhões nesta semana, com as ações da fabricante de veículos elétricos avançando 10,8% no período. Quinta pessoa mais rica do mundo, Musk possui uma participação de 21% na empresa e agora acumula US$ 94,8 bilhões.

Bill Gates, o terceiro colocado no ranking de bilionários do mundo, viu sua fortuna aumentar US$ 5,4 bilhões, elevando seu patrimônio líquido para US$ 118,2 bilhões na sexta-feira (6). Gates, que fundou a Microsoft em 1975, já vendeu ou cedeu grande parte de sua participação na empresa, mas ainda possui cerca de 1% das ações, que valorizaram 10,5% nesta semana. Outro ex-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, ganhou US$ 5,9 bilhões, elevando seu patrimônio líquido para US$ 75,5 bilhões em meio à recuperação do mercado. Ele possui uma participação estimada de 3,5% na Microsoft.

Veja, na galeria de imagens a seguir, os 10 bilionários que mais ganharam na semana de 30 de outubro a 6 de novembro.

  • 1. Jeff Bezos
    Fortuna: US$ 193,3 bilhões, aumento de US$ 13,9 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Amazon

    David Ryder/Getty Images
  • 2. Bernard Arnault
    Fortuna: US$ 124,3 bilhões, aumento de US$ 11 bilhões
    País: França
    Fonte do patrimônio: LVMH

    Chesnot/Getty Images
  • 2. Mark Zuckerberg
    Fortuna: US$ 107,7 bilhões, aumento de US$ 11 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Facebook

    Nur Photo/Getty Images
  • 4. Elon Musk
    Fortuna: US$ 94,8 bilhões, aumento de US$ 7,8 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Tesla

    picture alliance/Getty Images
  • 5. Steve Ballmer
    Fortuna: US$ 75,5 bilhões, aumento de US$ 5,9 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Microsoft

    Steven Ferdman/Getty Images
  • 6. Daniel Gilbert
    Fortuna: US$ 44,8 bilhões, aumento de US$ 5,8 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Quicken Loans

    Nicholas Hunt/Getty Images
  • 7. Larry Page
    Fortuna: US$ 77,6 bilhões, aumento de US$ 5,7 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Google

    Chris Hondros/Getty Images
  • 4. Sergey Brin

    Fortuna: US$ 88,1 bilhões (aumento de US$ 10 bilhões)
    País:Estados Unidos
    Fonte da riqueza:Google

    Tim Mosernfelder/Getty Images
  • 9. Bill Gates
    Fortuna: US$ 118,1 bilhões, aumento de US$ 5,4 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte do patrimônio: Microsoft

    Nur Photo/Getty Images
  • 10. Amancio Ortega
    Fortuna: US$ 65,5 bilhões, aumento de US$ 5,3 bilhões
    País: Espanha
    Fonte do patrimônio: Zara

    Europa Press/Getty Images

1. Jeff Bezos
Fortuna: US$ 193,3 bilhões, aumento de US$ 13,9 bilhões
País: Estados Unidos
Fonte do patrimônio: Amazon

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).