10 bilionários que mais enriqueceram em uma semana

Getty Images
Getty Images

Ações da Tesla disparam dias antes da empresa entrar para o S&P 500

Esta foi mais uma ótima semana para o cofundador e CEO da Tesla, Elon Musk. Sua fortuna aumentou US$ 9,4 bilhões ao passo que as ações da montadora de carros elétricos continuaram subindo antes da empresa entrar para o S&P 500 na próxima segunda-feira (21).

As ações da Tesla subiram quase 8% entre 11 e 18 de dezembro, o que levou o patrimônio líquido de Musk para cerca de US$ 146,3 bilhões. Ele é a terceira pessoa mais rica do mundo, atrás do CEO da Amazon, Jeff Bezos, e do presidente da LVMH, Bernard Arnault.

LEIA TAMBÉM: Conheça os bilionários que mais ganharam – e os que mais perderam – em 2020

Ontem (18), último dia de negociação antes da Tesla ser incorporada no S&P 500, as ações subiram 4% e bateram um novo recorde após fecharem com outros 0,4% de aumento. As ações da empresa cresceram mais de 660% em 2020, com uma capitalização de mercado de mais de US$ 650 bilhões, o que fez da Tesla a montadora de automóveis mais valiosa do mundo. Isso significa que a Tesla se tornará a sétima maior empresa no S&P 500 (em termos de capitalização de mercado), no que será o maior reajuste do índice na história.

As ações da montadora de carros elétricos subiram 50% desde que o S&P Global anunciou em 16 de novembro que a empresa seria incorporada ao índice em 21 de dezembro. Musk é dono de cerca de 21% das ações da Tesla, além de uma participação na SpaceX, também comandada por ele.

O Dow Jones e o S&P 500 tiveram alta de 0,4% e 1,3% na semana, respectivamente, enquanto o índice da Nasdaq superou os outros dois, com alta de 3,1%. Com o mercado de ações fechando em alta, Musk não é o único bilionário que teve grandes ganhos na semana.

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, a pessoa mais rica do mundo, viu sua fortuna aumentar US$ 4,5 bilhões, com alta de 2,7% nas ações. A Forbes calcula que o patrimônio líquido de Bezos passou a ser de US$ 186,7 bilhões. A fortuna do cofundador e chefe de tecnologia da Oracle, Larry Ellison, foi para US$ 88,5 bilhões, US$ 5,5 bilhões a mais do que na semana anterior. A empresa provou ser resiliente, com alta de 7,3% desde a última sexta-feira (11), mesmo com questões políticas e legais atrasando o acordo de aquisição das operações do Tik Tok nos Estados Unidos .

Outro ganhador nesta semana foi o bilionário chinês Zhong Shanshan, agora a 14ª pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes. Ele é presidente da empresa de água engarrafada Nongfu Spring e também controla a Beijing Wantai Biological Pharmacy, que abriram capital em 2020. As ações da Nongfu Spring subiram 14%, enquanto as da Beijing Wantai tiveram alta de quase 4%, elevando o patrimônio do chinês em US$ 7,1 bilhões desde sexta-feira (11). Sua fortuna subiu para US$ 69,9 bilhões, disparando de US$ 2 bilhões no início do ano, quando a Forbes publicou a lista de bilionários mais ricos do mundo em abril de 2020.

Veja, na galeria de fotos a seguir, os bilionários que mais ganharam na última semana (entre 11 e 18 de dezembro):

  • 1. Elon Musk

    Patrimônio: US$ 146 bilhões (aumento de US$ 9,4 bilhões)

    País: Estados Unidos

    Fonte de riqueza: Tesla

    Getty Images
  • 2. Zhong Shanshan

    Patrimônio: US$ 69,9 bilhões (aumento de US$ 7,1 bilhões)

    País: China

    Fonte de riqueza: Bebidas, setor farmacêutico

    VCG/Getty Images
  • 3. Larry Ellison

    Patrimônio: US$ 87,9 bilhões (aumento de US$ 5,5 bilhões)

    País: Estados Unidos

    Fonte de riqueza: Softwares

    Justin Sullivan/Getty Images
  • 4. Jeff Bezos

    Patrimônio: US$ 186,7 bilhões (aumento de US$ 4,5 bilhões)

    País: Estados Unidos

    Fonte de riqueza: Amazon

    Reprodução/Forbes
  • 5. Sun Piaoyang

    Patrimônio: US$ 38,9 bilhões (aumento de US$ 4 bilhões)

    País: China

    Fonte de riqueza: Setor farmacêutico

    Reprodução/Forbes
  • 6. Masayoshi Son

    Patrimônio: US$ 40,1 bilhões (aumento de US$ 2,3 bilhões)

    País: Japão

    Fonte de riqueza: Internet, telecomunicações

    Getty Images
  • 7. Robin Li

    Patrimônio: US$ 13,8 bilhões (aumento de US$ 2,2 bilhões)

    País: China

    Fonte de riqueza: Busca na internet

    Reprodução/Forbes
  • 8. Cen Junda

    Patrimônio: US$ 12 bilhões (aumento de US$ 2,1 bilhões)

    País: China

    Fonte de riqueza: Setor farmacêutico

    Reprodução/Forbes
  • 9. Robin Zeng

    Patrimônio: US$ 25,5 bilhões (aumento de US$ 2 bilhões)

    País: China

    Fonte de riqueza: Baterias

    Getty Images
  • 10. Len Blavatnik

    Patrimônio: US$ 31 bilhões (aumento de US$ 1,8 bilhão)

    País: Estados Unidos

    Fonte de riqueza: Música, química

    Reprodução/Forbes

1. Elon Musk

Patrimônio: US$ 146 bilhões (aumento de US$ 9,4 bilhões)

País: Estados Unidos

Fonte de riqueza: Tesla

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).