Startup de saúde fundada por Amazon, Berkshire Hathaway e JPMorgan fecha após pouco progresso

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Mesmo com o fim da Haven, Jeff Bezos, Warren Buffett e Jamie Dimon afirmaram que vão continuar colaborando com programas na área da saúde

A Haven, startup do setor de saúde lançada pela Amazon, Berkshire Hathaway e JPMorgan fechará as portas no final de fevereiro. A empresa informou a decisão ontem (4), ao mostrar que mesmo grandes empresas estruturadas estão com dificuldades para se consolidar na indústria da saúde.

Warren Buffett, Jamie Dimon e Jeff Bezos afirmaram que a venture fundada em 2018 tinha objetivo ordenar seus recursos coletivos e melhorar o sistema de saúde dos Estados Unidos para os funcionários. Segundo os fundadores, o sistema norte-americano estava quebrado e era uma barreira para a economia do país.

VEJA TAMBÉM: 3 segmentos do setor de saúde que estão na mira dos investidores de risco

De acordo com uma nota publicada no site da Haven, a Amazon, a Berkshire Hathaway e a JPMorgan vão “continuar colaborando informalmente com o desenvolvimento de programas feitos para enfrentarem necessidades específicas dos próprios funcionários.”

Embora o anúncio da joint venture tenha atraído a atenção da mídia e abalado acionistas, a Haven enfrentou desafios, porque as empresas fundadoras iniciaram seus projetos de saúde separadamente, o que fez da Haven um recurso desnecessário, afirma a CNBC.

A Haven também lançou programas piloto de cuidado primário, mas falhou em falar sobre eles aos funcionários em um esforço de se manter secreta, revela um relatório de julho, quando a empresa perdeu seu financiamento.

A startup enfrentou um começo difícil. A empresa de seguros UnitedHealthGroup processou um ex-executivo em 2019 por supostamente roubar e passar à Haven segredos de negócios. Quando a ação judicial foi dispensada, o COO da Haven deixou a empresa em maio de 2019 e o CEO, Atul Gawande renunciou recentemente. A grande rotatividade impactou a habilidade da empresa de definir estratégias de negócios sólidas, indica a STAT.

“Nos últimos três anos, a Haven explorou uma grande variedade de soluções para saúde, assim como lançou facilitou o acesso à assistência básica, criou benefícios de seguros mais fáceis de serem compreendidos e usados e tornou as prescrições médicas mais acessíveis”, diz uma nota do site da companhia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).