Ex-presidente da Argentina Carlos Menem morre aos 90 anos

Getty Images
Getty Images

Carlos Menem foi presidente da Argentina entre 1989 e 1999

O ex-presidente argentino Carlos Menem morreu hoje (14), aos 90 anos, depois de sofrer vários problemas de saúde, informou a mídia do país.

O político e advogado de centro-esquerda, atual senador pelo partido no poder como representante da província ocidental de La Rioja, foi presidente da Argentina entre 1989 e 1999.

VEJA TAMBÉM: FMI quer fechar acordo com a Argentina até maio

Nenhum membro da família confirmou ainda sua morte.

O sucesso momentâneo de seu plano econômico, que implicava uma forte redução do Estado e a conversibilidade do peso um por um com o dólar, rendeu-lhe nos primeiros anos de governo grande popularidade entre os argentinos, cansados de uma hiperinflação que corroía seus bolsos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).