Lucro do Assaí cresce 31% no 4º tri, para R$ 299 milhões

O Assaí Atacadista registrou lucro líquido de R$ 299 milhões nos últimos três meses do ano passado, o que representa uma elevação 31% frente ao mesmo período de 2019, de acordo com dados divulgados no final de ontem (22), ajudado por um melhor desempenho operacional e redução de despesas financeiras.

A companhia, que atua no segmento de atacado de autosserviço, apurou receita líquida de R$ 10,7 bilhões, alta de 33,7%, e atribuiu o resultado à performance das 19 lojas inauguradas em 2020, assim como ao desempenho ‘mesmas lojas’ e ao efeito da inflação principalmente nas categorias de commodities.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

As despesas com vendas, gerais e administrativas representaram 8,9% da receita líquida, redução de 0,5% na comparação ano a ano. As despesas financeiras pós IFRS 16 totalizaram 1,9% da receita líquida, de 2,2% no mesmo período de 2019. O resultado medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 41%, para R$ 879 milhões, margem de 8,2%, ante 7,8% um ano antes.

Nos últimos três meses de 2020, foram inauguradas 9 lojas, totalizando 19 estabelecimentos no ano. De acordo com o Assaí, há 7 lojas em construção e outras 3 lojas de Extra Hiper estão em processo de conversão, transferidas para Assaí antes da conclusão da cisão da GPA.

Acionistas de GPA e de sua subsidiária Sendas aprovaram, no final de 2020, a proposta de reorganização societária para cindir a unidade Assaí. Na semana passada, as companhias divulgaram que tiveram aprovação neste mês para a listagem das ações do Assaí no Novo Mercado da B3 e na Bolsa de Nova York.

Os detentores de ações da GPA, após o encerramento do pregão em 26 de fevereiro, receberão ações do Assaí, na proporção de suas respectivas participações no capital social da GPA. Os papéis serão negociadas na B3 a partir de 1 de março sob o código ASAI3. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).