Depois do Habib’s: relembre 4 campanhas famosas de marketing de guerrilha

Paulo Victor Cardoso/Habib's
Paulo Victor Cardoso/Habib's

Lojas do Habib’s amanheceram com a faixa de “Passo o ponto”

Na segunda-feira (22), clientes e admiradores do Habib’s foram pegos de surpresa. Todas as 320 lojas da rede espalhadas pelo Brasil amanheceram com a faixa “Passo o Ponto”. No entanto, a ação não passou de uma estratégia da nova identidade de marca da empresa. 

A iniciativa foi considerada ousada para os padrões do marketing brasileiro, mas cumpriu seu papel  e chamou a atenção de consumidores em 18 estados do país. O rebranding, a nova identidade da rede, vai além da reformulação de elementos visuais, paleta de cores e repaginação do gênio garoto-propaganda. A partir de agora, a rede passa a ter os clientes no centro de suas estratégias, conferindo a eles o título de embaixadores da marca: os Habibers.

LEIA MAIS: Como o Burger King chegou ao topo do ranking de reputação no Brasil

Segundo a empresa de fast-food, um dos pilares do novo momento é o lançamento do clube de fidelidade, que tem como principais diferenciais o acesso a benefícios exclusivos (como brindes, promoções e eventos), além da opção de cashback de até 15% nas compras. 

Bruna Saraiva, diretora de estratégia do Habib’s, disse à Forbes que a empresa tem trabalhado forte em sua transformação digital nos últimos anos. “Ao longo dos mais de 30 anos da nossa história, construímos uma relação sólida e genuína com os clientes. O novo momento que estamos iniciando é baseado em iniciativas que celebram a relação horizontal que temos com eles”, afirma. 

Para impulsionar a adesão ao clube, na primeira semana de março será lançada uma campanha colaborativa que concederá pontuação extra aos consumidores que fizerem publicações nas redes sociais (Instagram, Facebook, TikTok, Youtube, LinkedIn e Whatsapp).

“Nosso objetivo é transformar os consumidores em influencers da marca, ou melhor, em Habibers, clientes que compartilham com a gente os mesmos valores e gostam de mesa farta por um preço justo”, afirma Bruna. “E, como todo influencer, os Habibers ganharam cachê, que nesse caso são pontos no super app ”, completa a executiva.

Ações geram percepção do cliente, diz especialista

Em entrevista à Forbes, Roberto Kanter, professor de marketing e gestão comercial da FGV (Faculdade Getúlio Vargas), falou sobre os pontos positivos e negativos do marketing de guerrilha

Para ele, além da ousadia, é importante também que as empresas tenham agilidade nas etapas da campanha, para não dar margem à concorrência. “Quando você quer passar essa percepção de que você existe, trabalha-se com o marketing de guerrilha, que consegue fazer isso de forma eficiente. É um trabalho que usa muito promoções, links e  brindes”, afirma. O professor também comenta que essas campanhas acabam, de alguma forma, tirando as empresas da “mesmice”, muitas vezes usando o humor ou algo em ênfase na sociedade atual.

“Há o humor usado de forma bacana, mas também há quem apenas explore a imagem de uma pessoa ou de algo. Você ganha notoriedade, mas também se expõe ao risco e pode acabar indo do sucesso ao esquecimento em pouco tempo caso algo dê errado. Neste caso, a percepção do cliente é impactada negativamente.”

O especialista afirma, ainda, que a ação do Habib’s foi “ousada e muito bem feita”. Mas alerta que a empresa deve seguir com novas campanhas capazes de substituir o “Passo o Ponto” por “Estamos Aqui”.  

LEIA MAIS: Forbes Radar: Ford anuncia fechamento das fábricas no Brasil e Copel deve pagar R$ 3 milhões em dividendos

A rede alimentícia, no entanto, não é a única a usar estratégias ousadas para chamar a atenção de seu público. Veja, na galeria de fotos a seguir, outras quatro campanhas que abusaram da criatividade, com uma pitada de atrevimento, para anunciar seus produtos e reforçar suas marcas:   

  • Burger King: Paulo Guedes

    Como recurso para gerar alcance e engajamento para a promoção Todo Dia R$ 9,90, o Burger King recrutou quatro homens chamados Paulo Guedes, o mesmo nome do ministro da Economia. Criada pela David, a campanha recém-lançada conta com cinco filmes, cada um deles tem uma narrativa diferente em torno de “soluções econômicas” bem humoradas.

    Reprodução
  • Mc’Donalds: Méqui

    Em agosto de 2019, algumas unidades do fast food tiveram os seus nomes trocados. Na fachada das lojas, a grafia McDonald’s deu lugar a “Méqui”, exatamente como os brasileiros se referem à marca. Uma das lojas que recebeu a “mudança” foi a da Avenida Paulista, uma das mais tradicionais da cadeia de fast-food.

    Na ocasião, a mudança gerou uma grande repercussão entre os clientes fiéis. Logo, as imagens das fachadas invadiram as redes sociais.

    Divulgação
  • BMW: simulação da sua própria história

    Para celebrar a marca de 1 milhão de fãs, a BMW resolveu proporcionar algo diferente para os seguidores: todo mundo que tinha curtido a página concorreu à chance de dirigir um carro da marca em um simulador.

    Mas não era um rolê qualquer: a jornada passava pela história desses seguidores, com base em suas postagens individuais no Facebook. Os momentos mais relevantes dos internautas em sua própria linha do tempo apareciam na tela do simulador, relacionando sua vida ao passeio.

    Cada viagem na simulação, portanto, foi tão singular quanto o internauta que participava dela. Ninguém viveu as mesmas sensações, e a paixão por carros foi colocada lado a lado com a marca e a vida pessoal dos contemplados. Depois da aventura, os seguidores ainda podiam compartilhar tudo na sua linha do tempo, engajando mais gente na campanha.

    Divulgação/Getty
  • Skol na chuva

    Em 2020, a Skol realizou uma ação para diminuir a chance de que a chuva atrapalhasse os foliões durante o Carnaval paulistano. A estratégia da empresa foi utilizar uma tecnologia que promove a concentração de chuvas em um local em detrimento de outro. A Gut foi a responsável pela ação, batizada de “Giro na Chuva”.

    O objetivo da marca foi manter os temporais localizados no sistema Cantareira, que abastece parte da capital. A ação ganhou repercussão muito rápido. Para divulgar o projeto, a marca cervejeira produziu conteúdo em suas redes sociais e até divulgou uma websérie sobre o assunto.

    A tecnologia usada consistiu em sobrevoar uma área e aplicar nas nuvens da região gotículas de água, acelerando o processo natural de crescimento da precipitação e impedindo a chuva de chegar aos foliões.

    Divulgação

Burger King: Paulo Guedes

Como recurso para gerar alcance e engajamento para a promoção Todo Dia R$ 9,90, o Burger King recrutou quatro homens chamados Paulo Guedes, o mesmo nome do ministro da Economia. Criada pela David, a campanha recém-lançada conta com cinco filmes, cada um deles tem uma narrativa diferente em torno de “soluções econômicas” bem humoradas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).