Bitcoin cai abaixo de US$ 50 mil com receios sobre planos fiscais de Biden

Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

O bitcoin recuou 3,45% para US$ 49.900

O bitcoin e outras criptomoedas sofreram perdas hoje (23) em meio à preocupação de que o plano do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de aumentar os impostos sobre ganhos de capital limitará os investimentos em ativos digitais.

A queda ocorreu após notícias de que o governo Biden está planejando uma série de alterações propostas ao código tributário dos EUA, incluindo um plano para quase dobrar os impostos sobre ganhos de capital para 39,6% para pessoas que ganham mais de US$ 1 milhão.

LEIA TAMBÉM: Biden vai propor alta em impostos sobre ganhos de capital para custeio de assistência infantil

O bitcoin, a maior e mais popular criptomoeda, recuava 3,45% para US$ 49.900, ficando abaixo da marca de US$ 50.000 pela primeira vez desde o início de março. Na mínima, chegou a US$ 47.555. Os rivais menores Ether e XRP registravam perdas de 4,8% e 3%, respectivamente.

Os planos fiscais sacudiram os mercados, corroborando movimentos de realização de lucros em ações e outros ativos de risco, que se recuperaram fortemente na esperança de uma retomada econômica sólida.

“O bitcoin rumou para o sul hoje depois que o presidente Biden sinalizou que queria aumentar o imposto sobre ganhos de capital nos Estados Unidos“, disse Jeffrey Halley, analista de mercado sênior da Ásia-Pacífico da OANDA.

“Acredito firmemente que a regulamentação e/ou tributação do mercado desenvolvido continuam sendo o calcanhar de Aquiles dos criptomercados”, acrescentou.

O bitcoin está a caminho de uma perda de mais de 10% na semana, embora ainda acumule alta ao redor de 70% desde o início do ano.

Mas, embora as mídias sociais tenham mostrado posts sobre o plano prejudicando as criptomoedas e investidores individuais reclamando de perdas, alguns traders e analistas disseram que as quedas provavelmente serão temporárias.

VEJA MAIS: Recuperação econômica da zona do euro acelera em abril, mostra PMI

“Não acho que os planos de impostos de Biden terão um grande impacto sobre o bitcoin“, disse Ruud Feltkamp, CEO do bot de comércio de criptografia automatizado Cryptohopper. “O bitcoin só subiu por muito tempo, é natural ver uma consolidação. Traders estão simplesmente embolsando os ganhos.”

Outros também permaneceram otimistas com as perspectivas de longo prazo do bitcoin, mas observaram que pode levar algum tempo antes que os preços comecem a subir novamente.

“Há razões para acreditar que a tendência geral permanecerá alta, a menos que o preço caia abaixo de 40 mil dólares”, disse Ulrik Lykke, diretor executivo do fundo de hedge de criptografia ARK36. “No momento, não estamos convencidos de que a tendência se reverterá para um mercado baixista, mas reconhecemos que pode levar algum tempo antes que a demanda volte a ultrapassar a oferta no médio e curto prazos.” (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).