Cielo tem lucro maior no 1º trimestre sobre um ano antes


A Cielo divulgou hoje (27) um lucro líquido de R$ 241,3 milhões para o primeiro trimestre, crescimento de 44,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo balanço disponibilizado ao mercado.

O resultado da companhia, maior empresa de meios de pagamentos do país, porém, recuou 19% em relação aos últimos três meses do ano passado, com uma queda de 16% no volume de transações no período, para R$ 160 bilhões de reais. Ante o primeiro trimestre de 2020, as transações cresceram 0,2%.

LEIA TAMBÉM: Microsoft tem resultado acima do esperado com força de computação em nuvem

Excluindo efeitos não recorrentes, a Cielo teve lucro líquido de R$ 135,8 milhões no primeiro trimestre, quedas de 54,5% sobre o período de outubro a dezembro do ano passado e de 18,6% ante o primeiro trimestre de 2020.

A Cielo apurou receita líquida de R$ 2,72 bilhões entre janeiro e o fim de março, queda de 9,9% na comparação com o quarto trimestre de 2020 e recuo de 3,8% na relação anual.

A receita com aquisição de recebíveis e Fidc consolidada somou R$ 95,8 milhões, expansão de 17,5% na base trimestral, mas recuo de quase 50% sobre os três primeiros meses de 2020. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).