A semana dos bilionários: Mark Zuckerberg fica US$ 8 bilhões mais rico com bom desempenho do Facebook

Drew Angerer/Getty Images
Drew Angerer/Getty Images

Mark Zuckerberg é o bilionário com o maior aumento de patrimônio, US$ 8 bilhões mais rico

As fortunas de algumas das pessoas mais ricas do mundo dispararam nesta semana depois que as maiores empresas de tecnologia dos Estados Unidos anunciaram bom desempenho no primeiro trimestre.

Entre elas, Mark Zuckerberg foi a que registrou o maior aumento de patrimônio, ficando US$ 8 bilhões mais rico graças ao bom desempenho do Facebook. Zuckerberg terminou a semana com um patrimônio líquido estimado de US$ 117,8 bilhões. A gigante das mídias sociais superou as expectativas dos analistas na tarde de quarta-feira (28) ao registrar receita de US$ 26,1 bilhões no primeiro trimestre, 48% maior do que no ano passado, ajudando a elevar as ações em 7,3% na quinta-feira (29) para um valor recorde. Os ganhos totais da semana, de 8%, ultrapassaram em muito as previsões do índice S&P 500 e a queda, de 0,5% em média, do Dow Jones.

LEIA TAMBÉM: CFO da ByteDance será o novo CEO do TikTok

A receita do Facebook foi quase US$ 3 bilhões maior do que os analistas previram, e seu lucro líquido de US$ 9,5 bilhões – US$ 3,30 por ação – superou as expectativas médias de US$ 2,33. A performance da rede social também incrementou as fortunas dos cofundadores Dustin Moskovitz e Eduardo Saverin em mais de US$ 1 bilhão cada.

A pessoa mais rica do mundo também teve uma boa semana. Jeff Bezos ultrapassou a marca de US$ 200 bilhões pela primeira vez desde outubro passado e, agora, acumula um patrimônio de US$ 201,4 bilhões, US$ 6,7 bilhões a mais do que há uma semana. As ações da Amazon subiram 3,8% durante a semana enquanto aguardava o resultado do primeiro trimestre do ano. A receita e o lucro do período esmagaram as expectativas na última quinta-feira (29) embora, no dia seguinte, as ações tenham registrado uma leve queda. Ainda assim, os papeis da gigante do varejo online encerraram a semana com alta de 3,8%, aumentando também a fortuna da ex-mulher de Bezos, MacKenzie Scott, em US$ 2,2 bilhões, para um total estimado de US$ 61,2 bilhões.

Assim como seus pares, a mãe do Google, a Alphabet, superou as expectativas na terça-feira (27) ao registrar receita de US$ 55,3 bilhões no trimestre, 34% a mais que no mesmo período do ano passado. Esse desempenho ajudou a impulsionar em 2,3% as ações da companhia durante a semana, elevando a fortuna dos cofundadores Larry Page e Sergey Brin em US$ 2,9 bilhões cada. Page agora tem um patrimônio estimado de US$ 102,7 bilhões, enquanto Brin se juntou ao grupo de centibilionários na última quarta-feira (28), antes que o declínio das ações do Google dois dias depois baixasse sua fortuna para US$ 99,6 bilhões.

Jiang Rensheng foi o maior vencedor da semana fora dos Estados Unidos. As ações de sua empresa chinesa de vacinas Chongqing Zhifei Biological Products subiram 16,6%, elevando seu patrimônio em US$ 4,4 bilhões, para cerca de US$ 30,9 bilhões. A vacina de três doses de Covid-19 da Zhifei foi aprovada para uso emergencial na China em março. O patrimônio líquido de Jiang aumentou mais de 300% desde o início da pandemia.

Veja, na galeria de fotos a seguir, os principais ganhadores da última semana (entre 23 e 30 de abril):

  • 1. Mark Zuckerberg
    Patrimônio: US$ 117,8 bilhões (aumento de US$ 8 bilhões)
    País: Estados Unidos
    Fonte da riqueza: Facebook

    Justin Sullivan/Getty Images
  • 2. Jeff Bezos
    Patrimônio: US$ 201,4 bilhões (aumento de US$ 6,7 bilhões)
    País: Estados Unidos
    Fonte da riqueza: Amazon

    Anadolu Agency/Getty Images
  • 3. Jiang Rensheng & família

    Patrimônio: US$ 30,9 bilhões (aumento de US$ 4,4 bilhões)
    País: China
    Fonte da riqueza: Vacinas

    Reprodução/Forbes
  • 4. Mukesh Ambani
    Patrimônio: US$ 76,3 bilhões (aumento de US$ 4,4 bilhões)
    País: Índia
    Fonte da riqueza: Diversificada

    Prodip Guh/Getty Images
  • 5. Larry Page
    Patrimônio: US$ 102,7 bilhões (aumento de US$ 2,9 bilhões)
    País: Estados Unidos
    Fonte da riqueza: Google

    Reprodução/Forbes
  • 6. Sergey Brin
    Patrimônio: US$ 102,7bilhões (aumento de US$ 2,9 bilhões)
    País: Estados Unidos
    Fonte da riqueza: Google

    Reprodução/Forbes
  • 7. Mackenzie Scott
    Patrimônio: US$ 61,2 bilhões (aumento de US$ 2,2 bilhões)
    País: Estados Unidos
    Fonte da riqueza: Amazon

    Reprodução/Forbes
  • 8. Qian Dongqi & família
    Patrimônio: US$ 9,8 bilhões (aumento de US$ 2 bilhões)
    País: China
    Fonte da riqueza: Equipamentos de limpeza doméstica

    Reprodução/Forbes
  • 9. Li Xiting
    Patrimônio: US$ 26,2 bilhões (aumento de US$ 1,9 bilhão)
    País: China
    Fonte da riqueza: Equipamentos médicos

    Reprodução/Forbes
  • 10. Xu Hang
    Patrimônio: US$ 23,5 bilhões (aumento de US$ 1,7 bilhão)
    País: China
    Fonte da riqueza: Equipamentos médicos

    Reprodução/Forbes

1. Mark Zuckerberg
Patrimônio: US$ 117,8 bilhões (aumento de US$ 8 bilhões)
País: Estados Unidos
Fonte da riqueza: Facebook

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).