Banco Inter reverte prejuízo e tem lucro de R$ 20,8 milhões no 1º trimestre

O Banco Inter registrou lucro líquido contábil de R$ 20,8 milhões no primeiro trimestre do ano, revertendo prejuízo de R$ 8,4 milhões um ano antes, com forte crescimento em receitas totais e na base de clientes.

As receitas totais atingiram R$ 541,8 milhões no período, crescimento anual de 95%, influenciado pelas receitas de prestação de serviços, que aumentaram 113%, apoiadas particularmente pelas unidades Inter Shop e Inter Seguros.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A ARPU (Receita Média por Usuário) do banco digital aumentou 8,5%, para R$ 190,80, enquanto o custo de aquisição de clientes atingiu R$ 27,76 por cliente, acréscimo de 14,4%.

O Inter chegou a 10,2 milhões de clientes nos primeiros três meses de 2021, crescimento de 106% ano a ano. Apenas de janeiro a março, foram abertas mais de 1,7 milhão de novas contas, crescimento de 98,3% em relação ao mesmo período de 2020.

O resultado da NII (Margem Financeira Bruta), composto pelas receitas de operações de crédito, liquidas do custo de captação, somados às receitas financeiras, subiu 137%, para R$ 305,6 milhões. A NIM (Margem Financeira Líquida), porém, passou de 7,5% para 6% na comparação entre os primeiros trimestres de 2020 e 2021.

O volume em depósitos à vista somou R$ 7 bilhões no primeiro trimestre, aumento de 174%. O saldo médio em conta superou R$ 1,3 mil, afirmou o banco.

A carteira de crédito ampliada totalizou R$ 11 bilhões, quase o dobro na comparação ano a ano, enquanto a inadimplência foi de 2,6%, redução de 2% em relação ao primeiro trimestre de 2020. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).