Confiança de serviços no Brasil vai em maio a máxima desde início da pandemia, mostra FGV

Amanda Perobelli/ReutersA confiança do setor de serviços do Brasil voltou a mostrar avanço em maio, atingindo o maior patamar desde o início da pandemia em meio a uma melhor percepção sobre o momento atual, de acordo com os dados divulgados hoje (31) pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

O ICS (Índice de Confiança de Serviços) saltou 6,4 pontos em maio, para leitura de 88,1, máxima desde fevereiro de 2020, quando tocou 94,4 pontos.

LEIA MAIS: Brasil tem desemprego de 14,7% no trimestre até março, diz IBGE

“A confiança do setor de serviços melhora pelo segundo mês consecutivo recuperando não apenas as perdas de 2021, mas retornando ao maior patamar desde o início da pandemia”, disse Rodolpho Tobler, economista da FGV Ibre, em nota.

“O resultado favorável no mês se destaca por uma avaliação mais positiva sobre os indicadores que medem a situação no momento, indicando aumento no volume de demanda por serviços após período de restrições mais rígidas entre março e abril”, explicou.

O ISA-S (Índice de Situação Atual), indicador da percepção sobre o momento presente do setor de serviços, avançou 9,2 pontos, para 84,0 pontos, maior patamar desde março de 2020.

IE-S (Índice de Expectativas), que reflete as perspectivas para os próximos meses, subiu 3,7 pontos, a 92,4, seu melhor resultado desde outubro de 2020.

O setor de serviços foi um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19, uma vez que várias cidades importantes do Brasil determinaram o fechamento de estabelecimentos e estimularam os consumidores a ficarem em casa de forma a frear a contaminação pelo coronavírus.

Mas, segundo Tobler, agora a expectativa é de que a expansão do programa de vacinação para o atendimento de uma parcela maior da população “contribua para a continuidade da recuperação no setor”. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).