Advent investe US$ 430 milhões na Ebanx

Financiamento à companhia ocorre antes de IPO planejado para os próximos meses.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Yuriko Nakao/Reuters
Yuriko Nakao/Reuters

Ebanx planeja usar os recursos em aquisições para expandir suas operações em países como México, Colômbia e Argentina

Acessibilidade


Os fundos geridos pela Advent International vão investir US$ 430 milhões na empresa de pagamentos brasileira Ebanx, financiando seu crescimento na América Latina antes de uma oferta pública inicial de ações planejada para os próximos meses, disse o presidente-executivo da Ebanx hoje (15).

O CEO e cofundador João Del Valle disse que a empresa planeja usar os recursos em aquisições para expandir ainda mais as operações da companhia em países como México, Colômbia e Argentina. A Advent também está comprando uma participação dos investidores existentes da Ebanx.

LEIA TAMBÉM: Investidor por trás da Moderna levanta US$ 3,4 bilhões para novo fundo

Os fundos da América Latina, global e de tecnologia da Advent, além da subsidiária Sunley House, estão investindo US$ 400 milhões na Ebanx neste momento, e a firma de private equity também se comprometeu a investir mais US$ 30 milhões no futuro IPO da Ebanx nos EUA. A Ebanx deve lançar uma oferta de ações até no início de 2022, disse Del Valle.

As empresas não divulgaram a avaliação da Ebanx ou o tamanho da participação minoritária adquirida pela Advent.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Fundada em 2012, a Ebanx se concentra principalmente no processamento de pagamentos na América Latina de clientes de sites globais como o AliExpress, do Alibaba, o Airbnb e o serviço de streaming de música Spotify. Globalmente, um de seus pares é a empresa holandesa Adyen NV.

Este ano, a Ebanx deve processar mais de US$ 7 bilhões em volume total de pagamentos (TPV), dobrando em relação a 2020, acrescentou Del Valle.

Como parte do negócio, a Advent vai nomear um conselheiro para a Ebanx, disse Brenno Raiko, diretor-gerente da Advent no Brasil. “Este é o maior cheque da Advent para uma empresa de tecnologia da América Latina”, afirmou.

VEJA MAIS: Pandemia impulsiona financiamento para startups de doenças infecciosas

Além da Advent e dos três fundadores da Ebanx, a FTV Capital também é investidora da Ebanx, que alcançou o status de unicórnio em 2019.

O negócio é o mais recente exemplo de como os aportes em fintechs brasileiras vivem um momento bastante agitado. Na semana passada, o Nubank anunciou uma rodada de financiamento de US$ 750 milhões, liderada pela Berkshire Hathaway, de Warren Buffett. (Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: