Bilionários brasileiros: os principais ganhos e perdas das fortunas na semana

Reprodução / Arquivo Pessoal
Reprodução / Arquivo Pessoal

Alexandre Ostrowiecki foi um dos bilionários cuja fortuna aumentou nos últimos sete dias, seguido por Luís Frias e Eduardo Saverin

Em três dias de negociação, os papéis da Multilaser acumularam valorização de 16,9%, fechando essa sexta-feira negociadas a R$ 12,92 na B3. Os ganhos impactam a fortuna do bilionário Alexandre Ostrowiecki, principal acionista da empresa.

Ostrowiecki possui cerca de 39,54% da Multilaser, o equivalente a 324.417.660 ações ordinárias. Após a última negociação desta semana, o seu patrimônio está estimado em aproximadamente R$ 4,2 bilhões pela Forbes, contra os R$ 3,6 bilhões com base no valor da oferta.

LEIA MAIS: Os cursos de graduação mais populares entre os bilionários brasileiros

Outro bilionário brasileiro que aumentou sua fortuna nos últimos dias foi Eduardo Saverin, cofundador do Facebook e, atualmente, no topo do ranking Brasil de Bilionários do Mundo da Forbes. As ações da rede social tiveram alta de 10,19% desde a última sexta-feira (16), e o patrimônio do empresário cresceu US$ 500 milhões, para US$ 19,3 bilhões.

Os ganhos de Saverin na semana só perdem para os de Luís Frias, presidente do conselho da PagSeguro, cuja fortuna aumentou em US$ 600 milhões, para US$ 5,1 bilhões, crescimento de 13%. Frias está estimado como a 12ª pessoa mais rica do país e, entre os bilionários, foi o que lucrou nos últimos dias.

Por outro lado, outros empresários viram seus patrimônios desvalorizar. A perda mais expressiva foi a de Jorge Paulo Lemann, fundador da AmBev. Nos últimos sete dias, sua fortuna diminuiu em US$ 900 bilhões, para US$ 17,8 bilhões, com queda de 2,84% nos papéis de sua empresa.

O movimento afetou também o patrimônio estimado dos outros dois fundadores da companhia: Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira. Cada um deles perdeu US$ 400 milhões na última semana. Atualmente, suas fortunas são avaliadas em US$ 12,1 bilhões e US$ 9,2 bilhões, respectivamente.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).