Criação de postos de trabalho no Brasil acelera em junho, mostra Caged

Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Resultado com mais de 300 mil novas vagas de emprego foi impulsionado especialmente pelo setor de serviços

A criação de vagas formais de trabalho no Brasil acelerou em junho em relação ao mês anterior, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados hoje (29) pelo Ministério da Economia.

O país abriu 309.114 empregos com carteira assinada no mês passado, após criação de 276.043 postos de trabalho em maio. Em junho de 2020, houve fechamento líquido de 30.448 vagas.

LEIA MAIS: 3 erros que candidatos cometem quando estão desesperados por um novo emprego

A leitura do mês passado foi impulsionada principalmente pelo setor de serviços, que gerou 125.713 empregos, após abertura de 108.540 vagas no mês anterior.

Em junho foram abertas 72.877 vagas formais no comércio, 50.145 na indústria, 38.005 no setor agropecuário e 22.460 na construção, de acordo com os dados.

No ano de 2021, o país acumula criação de 1.536.717 empregos com carteira assinada. De janeiro a junho de 2020 – ano marcado pela explosão da pandemia de Covid-19 no Brasil -, haviam sido fechadas 1.198.363 vagas formais. Em junho do ano passado, o país perdeu 30.448 vagas com carteira assinada, em meio às medidas restritivas de combate ao coronavírus. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).