IPO da Armac sai no topo da faixa e movimenta R$ 1,5 bilhão

A oferta inicial de ações (IPO) da locadora brasileira de equipamentos para agronegócio, mineração e infraestrutura Armac saiu no topo da faixa estimada, num caso raro entre dezenas de estreias no mercado brasileiro de ações em 2021.

Segundo informações publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ontem (27), cada ação foi vendida a R$ 16,63. A faixa estimada pelos coordenadores ia de R$  13,30 a R$ 16,63 por ação.

LEIA TAMBÉM: Apesar das apostas liberadas, mercado acredita que apenas amadores gastarão dinheiro com a Olimpíada nos EUA

Os recursos da venda de ações novas, cerca de R$ 1 bilhão, servirão para a empresa criada em 1994 na grande São Paulo, ampliar seu negócio de locação de escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, tratores de esteira, minicarregadeiras, motoniveladoras e tratores agrícolas.

A oferta serve também para o fundo Speed, da Gávea investimentos, e membros da família fundadora Aragão venderem uma fatia na empresa. A chamada oferta secundária movimentou cerca de R$ 532 milhões.

A empresa tinha no fim de março uma frota própria de 1.403 equipamentos de fabricantes como John Deere, Volvo, Hyundai, JCB, New Holland, Caterpillar e Komatsu.

A estreia da companhia no pregão da B3 deve acontecer na próxima quarta-feira (28), negociada sob o ticker ARML3. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).