Senado aprova projeto que suspende inscrição de dívida de micro e pequenas empresas na pandemia

A proposta feita pelos senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e Daniella Ribeiro (PP-PB) seguirá para análise da Câmara dos Deputados.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

A proposta feita pelos senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e Daniella Ribeiro (PP-PB) seguirá para análise da Câmara dos Deputados

Acessibilidade


O Senado aprovou hoje (19) projeto que suspende a inscrição de dívidas de micro e pequenas empresas no Cadastro Informativo de Cadin (Créditos não Quitados do Setor Público Federal) durante a pandemia de Covid-19.

De autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT) e relatada pela senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), a proposta segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

LEIA MAIS: Reforma do IR prejudica empresas médias e classe média, diz ex-secretário da Receita

“A iniciativa visa dar fôlego financeiro ao setor e permitir a continuidade dos negócios”, afirmou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no Twitter. (Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: