Minério de ferro por tonelada sobe a US$ 110,57 na bolsa de Dalian

Os contratos futuros do minério de ferro chinês avançaram mais de 5%.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Morag MacKinnon/Reuters
Morag MacKinnon/Reuters

Caminhão em mina na Austrália

Acessibilidade


Os contratos futuros do minério de ferro chinês avançaram pela terceira sessão consecutiva hoje (27), subindo mais de 5%, acima do nível chave de 700 iuanes, enquanto o vergalhão de aço e as bobinas laminadas a quente subiram em meio aos controles de produção devido a cortes de energia.

Os futuros do minério de ferro de referência na Bolsa de Commodity de Dalian, para entrega em janeiro, subiram 5,3%, para 715 iuanes (US$ 110,57) por tonelada nas negociações da manhã, e fecharam em alta de 3,5%, para 703 iuanes por tonelada.

LEIA TAMBÉM: China se prepara contra eventuais desvios de fundos imobiliários da Evergrande

Os contratos futuros de minério de ferro de Cingapura subiram 1,7% para 120,35 dólares por tonelada.

Os preços do minério de ferro spot com teor de 62% para entrega na China subiram US$ 4,5, para US$ 117,5 a tonelada hoje (27), de acordo com a consultoria SteelHome.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Analistas da GF Futures, no entanto, disseram que os ganhos nos preços dos ingredientes da siderurgia foram uma recuperação das perdas anteriores, mas não são sustentáveis, já que a demanda nas usinas continuou a diminuir.

Os preços do vergalhão de aço e das bobinas laminadas a quente na Bolsa de Futuros de Xangai também subiram devido às restrições à produção, já que as principais regiões produtoras de aço estão restringindo uso de energia.

A província de Jiangsu, no leste, uma das maiores produtoras de vergalhão, realizou inspeções em empresas com consumo anual de energia de mais de 50.000 toneladas de carvão padrão neste mês.

VEJA MAIS: Preço da gasolina sobe pela 8ª semana nos postos

As bobinas laminadas a quente, usadas no setor de manufatura, fecharam em alta de 0,6% para 5.592 iuanes por tonelada.

Os futuros de carvão metalúrgico em Dalian caíram 0,2%, para 2.854 iuanes por tonelada, e o coque, fechou em queda de 3,4%, para 3.174 iuanes.

Os futuros de aço inoxidável na bolsa de Xangai despencaram 4,3%, para 20.415 iuanes por tonelada. (Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: