Câmara aprova em 1º turno texto principal de nova PEC dos Precatórios

Câmera analisou a atribuição de caráter permanente ao Auxílio Brasil, a vinculação do espaço fiscal a ser aberto e o limite para a quitação dessas dívidas.

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Adriano Machado/Reuters

Acessibilidade


A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (14) o texto principal da nova PEC dos Precatórios, que inclui os trechos que estavam pendentes de consenso entre as duas Casas do Congresso e que não puderam ser promulgados na semana passada.

Dentre os pontos analisados pela Câmara agora estão a atribuição de caráter permanente ao programa Auxílio Brasil, a vinculação do espaço fiscal a ser aberto com as mudanças no pagamento dos precatórios à seguridade social e ao novo programa social e ainda o limite para a quitação dessas dívidas.

O texto  aprovado ainda pode ser alterado por emendas, destacadas para votações separadas. Depois, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) ainda precisará passar por um segundo turno de votação e, caso não seja alterada, poderá seguir à promulgação. Do contrário, se for modificada, também precisará passar por votação no Senado, às vésperas do encerramento das atividades do Legislativo — o Congresso funciona oficialmente até o dia 22 de dezembro.

SAIBA MAIS: Ibovespa e Wall Street caem com políticas monetárias no radar

Segundo o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), é possível que haja alguma supressão do texto, mas a vinculação deve ser mantida.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Congresso promulgou na semana passada os dispositivos da PEC dos Precatórios que contavam com a chancela tanto da Câmara quanto do Senado.

Os pontos agora sob análise da Câmara haviam sido inseridos no texto da PEC durante sua discussão no Senado e ainda não tinham sido analisados pelos deputados. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: