Banco central da Rússia vai retomar compra de ouro no mercado doméstico

Medida faz parte do quadro de soluções da instituição para tentar garantir a estabilidade financeira em meio às sanções ocidentais contra Moscou..

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images/ Alexander Shcherbak
Getty Images/ Alexander Shcherbak

Ocidente pretende paralisar ativos do banco central da Rússia, o que vai congelar suas transações e impossibilitar que liquide ativos.

Acessibilidade


O banco central da Rússia afirmou hoje (27) que retomará a compra de ouro no mercado doméstico a partir de amanhã. A medida faz parte do quadro de soluções da instituição para tentar garantir a estabilidade financeira em meio às sanções ocidentais contra Moscou em resposta à invasão da Ucrânia.

Líderes do G7 comunicaram que decidiram cortar “certos bancos russos” do Swift, sistema mundial de comunicação interbancária. Isso garantirá que esses bancos sejam desconectados de operações globais.

O Ocidente também pretende paralisar os ativos do banco central da Rússia, o que vai congelar suas transações e impossibilitar que o banco central liquide ativos.

Em um comunicado divulgado pela Casa Branca, os países disseram que condenam “a escolha de [Vladimir] Putin pela guerra e os ataques à nação soberana e ao povo da Ucrânia”, acrescentando que vão “responsabilizar a Rússia e garantir coletivamente que esta guerra seja um fracasso estratégico para Putin”.

Mais cedo, presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que seu comando militar colocasse as forças com armas nucleares em alerta máximo. Combatentes ucranianos que defendem a cidade de Kharkiv disseram ter repelido um ataque de tropas invasoras russas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Compartilhe esta publicação: