Bilionária MacKenzie Scott doa R$ 1,4 bi para ONG dos EUA

Nova doação da ex do fundador da Amazon, Jeff Bezos, é para a instituição Boys & Girls Clubs of America.

Carlie Porterfield
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Scott vale US$ 46,2 bilhões, de acordo com o rastreador de riqueza em tempo real da Forbes

Acessibilidade


MacKenzie Scott, ex-esposa do fundador da Amazon, Jeff Bezos, que o ajudou a construir a empresa de bilhões de dólares, doará US$ 281 milhões (R$ 1.4 bilhão) ao Boys & Girls Clubs of America, marcando a mais recente doação já feita à organização por um indivíduo, o grupo anunciou hoje.

A magnitude do presente é “rara” e terá um “impacto incrível”, disse Jim Clark, presidente e CEO do Boys & Girls Clubs of America, em comunicado.

O Boys & Girls Clubs oferece programas pós-escolares e de verão e orientação para mais de 4,3 milhões de jovens anualmente em mais de 4.700 locais nos EUA, de acordo com o grupo.

É o mais recente grupo focado em jovens para o qual Scott doou uma quantia considerável de dinheiro nos últimos meses, incluindo o Conselho Nacional 4H e Comunidades nas Escolas.

Os números de MacKenzie Scott

US$ 9,2 bilhões. Isso é aproximadamente o quanto Scott doou em menos de dois anos, incluindo a doação do Boys & Girls Clubs of America e uma recente contribuição ao Meharry Medical College em Nashville, de acordo com os cálculos da Forbes. Isso é cerca de quatro vezes a quantia que a Forbes estima que Bezos doou em sua vida.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Scott vale US$ 46,2 bilhões, de acordo com o rastreador de riqueza em tempo real da Forbes. Quando ela e Bezos se divorciaram em 2019, ela recebeu 25% da participação de Bezos na Amazon. Scott assinou o Giving Pledge pouco depois, juntando-se a outros bilionários como Elon Musk, Warren Buffett, Mark Zuckerberg, Bill Gates e Melinda French Gates, prometendo doar pelo menos metade de sua fortuna durante a vida.

Em dezembro, Scott anunciou que não divulgaria mais suas próprias doações. “Quero deixar cada uma dessas equipes incríveis falarem por si primeiro, se quiserem, com a esperança de que, quando o fizerem, a mídia se concentre em suas contribuições em vez das minhas”, escreveu Scott.

Mais sobre MacKenzie Scott:

Mackenzie Scott é eleita a mulher mais poderosa do mundo pela Forbes

MacKenzie Scott, ex de Jeff Bezos, já doou R$ 932 milhões neste mês

Mackenzie Scott escolhe ONG brasileira para primeira doação fora dos EUA

Compartilhe esta publicação: