Ibovespa atinge 119 mil pontos após 7º dia seguido de alta

Procura por investimentos no Brasil continua pressionando dólar, que fechou a R$ 4,83.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (24) em alta de 1,36%, a 119.052 pontos, caminhando para a 7ª alta seguida. O pregão foi focado no relatório de inflação do Banco Central e nos novos desdobramentos do conflito entre Rússia e Ucrânia, que completa um mês hoje.

O RTI (Relatório Trimestral de Inflação) não trouxe notícias animadoras para os investidores. A autoridade monetária elevou de 4,7% para 7,1% a estimativa da inflação de 2022 medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Mesmo assim, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que um aumento adicional na taxa Selic em junho não é um cenário provável. Para ele, o ciclo de aperto monetário deve se encerrar em maio.

O dólar caiu pelo sétimo dia seguido com o exterior ainda positivo para os investimentos no Brasil. A moeda recuou 0,25% e fechou cotada a R$ 4,8319 – durante a sessão, chegou a ser negociada abaixo da marca de R$ 4,80.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Leia mais: Dólar – qual a melhor maneira de comprar a moeda?

A maioria das ações que integram o Ibovespa fecharam no azul no pregão de hoje. As maiores altas ficaram para as ações do Banco Inter (BIDI11), Magazine Luiza (MGLU3) e Méliuz (CASH3), que registraram avanços de 10,12%, 10% e 9,05%.

Do lado negativo, a Locaweb (LWSA3) e a Hapvida (HAPV3) perderam 7,05% e 5,09% após a divulgação de resultados financeiros negativos do 4º trimestre de 2021.

“Com um mês de conflito na Ucrânia, o mercado de commodities, que beneficia diretamente o Brasil, segue pressionado, com preços elevados, o que, aliado à nossa taxa de juros real atrativa, traz capital externo para o Brasil, empurrando para cima os índices de renda variável e o câmbio para baixo”, diz Jimmy Keller, economista e fundador da Keller Capital.

Em Wall Street, os principais índices fecharam em alta. O Dow Jones subiu 1,02% a 34.707 pontos; o S&P 500 cresceu 1,43%, a 4.520 pontos; e o Nasdaq teve aumento de 1,93% a 14.191 pontos.

A atividade empresarial dos Estados Unidos subiu para máxima de oito meses em março, impulsionada pela forte demanda por bens e serviços. Os novos pedidos de auxílio-desemprego também caíram para uma mínima de 52 anos na semana passada, e o número de norte-americanos nas filas do desemprego continua a encolher.

Também no cenário internacional, os olhares estão voltados para a primeira reunião dos líderes dos países da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) desde a invasão russa. Os representantes do G7 também devem discutir a crise hoje.

Compartilhe esta publicação: