Ford tem resultado acima das estimativas no 1º trimestre

A montadora divulgou resultados acima do esperado no primeiro trimestre, com lucro ajustado antes de juros e impostos de US$ 2,3 bilhões (R$ 11,5 bilhões).

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A Ford divulgou resultados trimestrais mais fortes do que o esperado hoje (27) e manteve a projeção de lucro para 2022, com fortes preços de veículos compensando custos maiores.

O diretor financeiro da montadora, John Lawler, chamou o desempenho do trimestre de “misto”, dizendo que as restrições de chips afetaram fortemente a empresa, especialmente nos veículos mais lucrativos – a picape F-Series e os SUVs Expedition e Navigator.

“A capacidade deste negócio é muito mais forte do que conseguimos fornecer no trimestre e isso se deve às restrições”, disse Lawler durante coletiva de imprensa.

Lawler observou que os preços mais altos compensaram principalmente as pressões inflacionárias, dizendo que “a demanda por nossos produtos excedeu nossa capacidade de produzi-los”.

As entregas no atacado da Ford no trimestre caíram 9% em relação ao ano anterior, para cerca de 970 mil.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Sabemos que à medida que avançamos ao longo do ano, podemos ver inflação adicional, ver aumento de custos em commodities, então não descartaria elevações adicionais de preços”, disse ele.

A montadora divulgou resultados acima do esperado no primeiro trimestre, com lucro ajustado antes de juros e impostos de US$ 2,3 bilhões (R$ 11,5 bilhões).

Uma redução no valor da participação da Ford na fabricante de veículos elétricos Rivian resultou em um prejuízo líquido de US$ 3,1 bilhões (R$ 15,5 bilhões).

As ações da Ford subiam 2,1% nas negociações de pós-mercado.

O lucro operacional de US$ 0,38 (R$ 1,90) por ação da montadora no trimestre superou as estimativas dos analistas em US$ 0,01 (R$ 0,05). A receita de US$ 34,5 bilhões (R$ 173 bilhões) também veio acima das projeções de US$ 31,1 bilhões (R$ 156 bilhões).

A Ford disse que ainda espera de US$ 11,5 bilhões (R$ 57,6 bilhões) a US$ 12,5 bilhões (R$ 62,7 bilhões) em lucros operacionais para o ano, apesar da guerra na Ucrânia, interrupções na cadeia de suprimentos, inflação e aumento das taxas de juros nos Estados Unidos impactarem o setor.

A empresa também afirmou esperar maior disponibilidade de semicondutores no segundo semestre e crescimento do volume no atacado de 10% a 15%.

Forbes abre inscrições para lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: