Warren Buffett critica excessos de Wall Street em reunião anual da Berkshire Hathaway

É a primeira vez desde 2019 que o tradicional evento de investidores acontece de forma presencial.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
CNBC/Getty Images
CNBC/Getty Images

Warren Buffett é a sexta pessoa mais rica do mundo, segundo o ranking da Forbes; ele é dono de uma fortuna estimada em US$ 116,6 bilhões

Acessibilidade


O investidor bilionário Warren Buffett criticou os excessos de Wall Street hoje (30) durante a apresentação do primeiro encontro presencial da Berkshire Hathaway desde 2019.

Buffett, de 91 anos, que é presidente e diretor-executivo da Berkshire, e o vice-presidente Charlie Munger, de 98 anos, responderam a perguntas do público no evento que aconteceu no centro da cidade de Omaha, no Nebraska. O CEO Greg Abel, visto como sucessor de Buffett, e o também vice-presidente Ajit Jain se juntaram a eles.

Forbes abre inscrições para lista Under 30 2022

A reunião aconteceu após a Berkshire revelar que havia desembolsado mais de US$ 51 bilhões para comprar ações no primeiro trimestre, incluindo uma participação muito maior no Chevron Corp, e depois que a empresa anunciou que parou de recomprar suas próprias ações.

A Berkshire também disse que o lucro operacional foi pouco alterado no primeiro trimestre, já que muitas empresas conseguiram aumentar as receitas apesar das interrupções na cadeia produtiva causadas pela variante Ômicron da Covid-19 e a invasão russa da Ucrânia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em sua carta anual aos acionistas, divulgada em fevereiro, Buffett lamentou a falta de oportunidades de investimento. Isso levou um acionista a perguntar o que mudou em março, quando a Berkshire comprou 14,6% da Occidental Petroleum Corp e concordou em pagar US$ 11,6 bilhões pela seguradora Alleghany Corp. O bilionário respondeu que era simples: ele se interessou pela Occidental depois de ler um relatório de um analista, e pela Alleghany, depois que o presidente-executivo da companhia escreveu para ele.

“Os mercados fazem coisas malucas e, ocasionalmente, a Berkshire tem a chance de fazer alguma coisa”, disse ele. “Não é porque somos inteligentes… acho que somos sãos.”

A participação em caixa da Berkshire caiu para cerca de US$ 106 bilhões  ante quase US$ 147 bilhões no trimestre, mas Buffett disse que é importante manter dinheiro suficiente disponível. “Sempre teremos muito dinheiro”, disse. “É como o oxigênio, está lá o tempo todo, mas se desaparecer por alguns minutos, está tudo acabado.”

Buffett também escolheu um alvo favorito, Wall Street, dizendo que o mercado de ações às vezes se assemelha a um cassino ou parceiro de jogo.”Isso aconteceu em um grau extraordinário nos últimos dois anos, incentivado por Wall Street”, disse ele.

Compartilhe esta publicação: