MP que retoma despacho gratuito de bagagem vai para sanção do presidente

A MP autoriza a franquia para despacho de volume de até 23 quilos de bagagem por passageiro e altera taxas sob a alçada da Anac

Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

MP autoriza a franquia para despacho de volume de até 23 quilos de bagagem por passageiro

Acessibilidade


A Câmara dos Deputados aprovou hoje (24) medida provisória que muda regras do setor aéreo e retoma o despacho gratuito de bagagens nos voos. A proposta segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O texto havia sido analisado pelos deputados em abril, passou por votação no Senado. Por ter sofrido mudanças, voltou para nova análise da Câmara.

A MP autoriza a franquia para despacho de volume de até 23 quilos de bagagem por passageiro e altera taxas sob a alçada da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e permite que pessoas físicas ou jurídicas explorem os serviços aéreos.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: