Yduqs vê lucro avançar 76% no 1º trimestre

O grupo de educação superior Yduqs é dono de marcas como Estácio e Ibmec.

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O grupo de educação superior Yduqs teve lucro líquido de R$ 76 milhões no primeiro trimestre, alta de 75,9% sobre o desempenho de um ano antes, impulsionado por aumento de receita, que cresceu em ritmo superior aos de custos e despesas.

A dona de marcas como Estácio e Ibmec teve resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 396 milhões de janeiro a março, crescimento de 26,5% ante mesmo período de 2021. A margem subiu 4,3 pontos percentuais, para 33,2%.

Analistas, em média, esperavam Ebitda de R$ 412 milhões para a companhia no período, segundo dados da Refinitiv.

A receita líquida subiu 10,2%, para R$ 1,19 bilhão, enquanto o custo dos serviços prestados avançou 1,9%. As despesas comerciais cresceram 7,6% e as gerais e administrativas tiveram incremento de 9%.

A empresa terminou março com crescimento de 77% na base de alunos sobre um ano antes, para 1,27 milhão de estudantes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O salto foi impulsionado por expansão da base digital, que mais que dobrou para 961 mil alunos. O segmento “premium”, formado por cursos como medicina, viu a base de alunos subir 9,6%, para cerca de 13,9 mil, com o valor médio das mensalidades avançando 9,1%, para 9.610 reais.

Forbes abre inscrições para lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: