Os atletas mais bem pagos do mundo de até 25 anos

Um seleto grupo de sete atletas conquistou mais do que vitórias em 2021: salários milionários

Brett Knight
Compartilhe esta publicação:
Fotos: Getty Images/ Reprodução Forbes USA
Fotos: Getty Images/ Reprodução Forbes USA

Os atletas mais bem pagos do mundo de até 25 anos.

Acessibilidade


Antes do draft (evento anual de recrutamento de jogadores universitários) da NFL (liga nacional de futebol americano) de 2017, Marshon Lattimore finalizou uma corrida de 40 jardas em 4,36 segundos. Mas seu feito mais impressionante é outro: o cornerback do New Orleans Saints faturou US$ 40,9 milhões (R$ 193,39 milhões) nos últimos 12 meses, depois de arrecadar US$ 2,6 milhões (R$ 12,29 milhões) no ano anterior, subindo para o 38º lugar no ranking geral de atletas mais bem pagos do mundo antes de seu 26º aniversário.

Esse resultado marca a entrada de Lattimore na lista da Forbes deste ano de jogadores do mundo esportivo mais bem pagos com 25 anos ou menos.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Trata-se de um grupo muito exclusivo, com muitas barreiras para entrar. O top 50, medido pelo lucro antes de impostos e taxas dos agentes, tem uma idade média de 32 anos, e apenas um membro dos dez primeiros ainda não completou 30 anos: o superstar de 27 anos do Milwaukee Bucks, Giannis Antetokounmpo.

Na NFL e na NBA (liga de basquete dos EUA), as escalas salariais dos jogadores impedem que os salários dos jovens destaques correspondam a sua performance. Os jogadores da MLB (liga americana de beisebol) não atingem o mercado livre das agências até que eles tenham passado seis anos nas grandes ligas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ainda assim, sete atletas superaram esses obstáculos e se classificaram no ranking da Forbes com salários de pelo menos US$ 38 milhões (R$ 179,67 milhões) nos últimos 12 meses encerrados em 1º de maio.

Veja quais são os atletas mais bem pagos do mundo com 25 anos ou menos:

1. Josh Allen

Ganhos totais: US$ 67 milhões (R$ 316,80 milhões)
Em campo: US$ 63 milhões (R$ 297,88 milhões)
Fora do campo: US$ 4 milhões (R$ 18,91 milhões)
Idade: 25 anos
Esporte: Futebol americano
Nacionalidade: Estados Unidos

Allen entra nessa lista, mas em cima da risca: ele completou 26 anos em 21 de maio. O quarterback do Buffalo Bills assinou uma extensão de contrato de seis anos em agosto passado que chega a US$ 258 milhões (R$ 1,21 bilhão) e tem US$ 150 milhões (R$ 709,25 milhões) em dinheiro garantido – um recorde da NFL.

Os valores incluem um bônus de assinatura de US$ 16,5 milhões (R$ 78 milhões) e um bônus de opção de US$ 42,4 milhões (R$ 200,5 milhões), que levam Allen ao topo deste ranking. Fora de campo, ele conta com Nike, Pepsi e New Era entre seus patrocinadores.

2. Naomi Osaka

Ganhos totais: US$ 59,2 milhões (R$ 279,91 milhões)
Em campo: US$ 1,2 milhão (R$ 5,67 milhões)
Fora do campo: US$ 58 milhões (R$ 274,24 milhões)
Idade: 24 anos
Esporte: Tênis
Nacionalidade: Japão

Osaka ficou aquém de seu total de ganhos de US$ 60 milhões (R$ 283,7 milhões) do ano passado, que estabeleceu um recorde para uma atleta feminina, e é uma das duas únicas mulheres apresentadas no top 50, junto com Serena Williams. A tenista japonesa tem mais de 20 patrocinadores, incluindo Nike, Mastercard e Louis Vuitton, além de sua própria linha de cuidados com a pele, Kinlò. Ela também acaba de lançar uma agência esportiva, a Evolve.

3. Max Verstappen

Ganhos totais: US$ 48 milhões (R$ 226,95 milhões)
Em campo: US$ 46 milhões (R$ 217,5 milhões)
Fora do campo: US$ 2 milhões (9,45 milhões)
Idade: 24 anos
Esporte: Fórmula 1
Nacionalidade: Holanda

Verstappen ganhou o campeonato de F1 de 2021 ao ultrapassar o seu rival Lewis Hamilton na última volta da última corrida da temporada. O título veio com um bônus de campeonato robusto para o piloto da Red Bull Racing, que terminou em terceiro em 2019 e 2020. Verstappen é uma estrela estabelecida apesar de sua pouca idade. Ele foi o piloto mais jovem da história da F1, aos 17 anos, e estabeleceu outro recorde ao vencer sua primeira corrida aos 18.

4. Kylian Mbappé

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Kylian Mbappé entrou para a lista Forbes Under 30 Europe de 2022, na categoria esportiva.

Ganhos totais: US$ 43 milhões (R$ 203,32 milhões)
Em campo: US$ 28 milhões (R$ 132,39 milhões)
Fora do campo: US$ 15 milhões (R$ 70,92 milhões)
Idade: 23 anos
Esporte: Futebol
Nacionalidade: França

Mbappé se tornou uma estrela global após sua exibição primorosa na Copa do Mundo de 2018 pela França, aos 19 anos, e tem sido o artilheiro da Liga Francesa em todas as temporadas desde então. O atacante do Paris Saint-Germain lidera mais uma vez a liga com 25 gols, faltando apenas um jogo na temporada 2021-22. Mbappé, nomeado para a lista Forbes Under 30 Europe de 2022, na categoria esportiva, tem parceria fora de campo com marcas como Nike, Hublot e EA Sports.

5. Marshon Lattimore

Ganhos totais: US$ 40,9 milhões (R$ 193,39 milhões)
Em campo: US$ 40,8 milhões (R$ 192,91 milhões)
Fora do campo: US$ 100 mil (R$ 480.370 mil)
Idade: 25 anos
Esporte: Futebol
Nacionalidade: Estados Unidos

Assim como o primeiro colocado Allen, Lattimore quase não entrou nessa lista: ele completou 26 anos em 20 de maio. O cornerback dos Saints assinou uma extensão de contrato de US$ 97,6 milhões (R$ 461,48 milhões) por cinco anos em setembro e passou a ganhar sua quarta seleção para o Pro Bowl, em cinco temporadas da NFL.

6. Devin Booker

Ganhos totais: US$ 39,9 milhões (R$ 188,66 milhões)
Em campo: US$ 31,9 milhões (R$ 150,83 milhões)
Fora do campo: US$ 8 milhões (R$ 37,83 milhões)
Idade: 25 anos
Esporte: Basquete
Nacionalidade: Estados Unidos

O jogador do Phoenix Suns teve um final de temporada decepcionante, perdendo para o Dallas Mavericks na segunda rodada dos playoffs depois de chegar às finais da NBA no ano passado, mas seus negócios, por outro lado, estão apenas esquentando. O armador, que foi nomeado para a lista americana Under 30 da Forbes 2022, na categoria esportiva, tem parceria com marcas como Nike, cerveja Corona e Sweetgreen, além de ser co-proprietário da marca de bebida esportiva de água de coco COCO5.

7. Jake Paul

Ganhos totais: US$ 38 milhões (R$ 179,67 milhões)
Em campo: US$ 30 milhões (R$ 141,85 milhões)
Fora do campo: US$ 8 milhões (R$ 37,83 milhões)
Idade: 25 anos
Esporte: Boxe
Nacionalidade: Estados Unidos

A estrela do YouTube que virou boxeador está polarizando as apostas, mas teve duas lutas lucrativas contra Tyron Woodley no ano passado, além de uma luta bem paga contra Ben Askren, que foi nocauteado para fora da janela de rastreamento da Forbes para este ranking também. Paul foi o promotor da megaluta de abril entre Amanda Serrano e Katie Taylor e anunciou recentemente que planeja voltar aos ringues em agosto, mas sem anunciar o próximo oponente.

Metodologia

Os rankings da Forbes incluem todos os prêmios em dinheiro, salários e bônus ganhos entre 1º de maio de 2021 e 1º de maio de 2022. Nos casos em que os jogadores continuam sendo pagos além de maio por uma temporada regular concluída até então, conforme na NBA e no futebol europeu, atribuímos a temporada inteira de salário. Os bônus dos playoffs estão incluídos para a temporada 2021 da NFL e a temporada 2020-21 da NBA.

Os números de ganhos fora do campo são uma estimativa de acordos de patrocínio, taxas de aparição e memorabilia e receita de licenciamento para os 12 meses anteriores a 1º de maio de 2022, além de ganhos em dinheiro de quaisquer negócios operados pelo atleta, com base em conversas com especialistas do setor. A Forbes não inclui receitas de investimentos, como pagamentos de juros ou dividendos, mas contabiliza pagamentos de participações acionárias que os atletas venderam.

A Forbes não deduz impostos ou taxas de agentes. A lista inclui atletas ativos em qualquer ponto durante o período de 12 meses.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: