Bitcoin cai mais e fica abaixo de US$ 20 mil pela 1ª vez desde 2020

Desde que atingiu a alta histórica de US$ 68.990, em novembro do ano passado, a criptomoeda caiu mais de 70%

Siladitya Ray
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

Bitcoin caiu abaixo de US$ 20 mil neste sábado (18)

Acessibilidade


O Bitcoin caiu abaixo de US$ 20.000 (R$ 102,6 mil) hoje pela primeira vez desde dezembro de 2020. A nova queda acontece enquanto o mercado de criptomoedas continua a sofrer com cortes de empregos, rumores sobre insolvência iminente em grandes empresas de criptomoedas e um forte aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve, dos Estados Unidos.

Leia mais: Babel Finance suspende saques após queda de mercado de criptomoedas

Principais pontos

  • O Bitcoin estava sendo negociado a US$ 19.420 (R$ 99,6 mil) às 7h30 (horário ET), uma queda de 8,1% nas últimas 24 horas.
  • Nos últimos sete dias, a criptomoeda mais valiosa do mundo caiu 33%, reduzindo seu valor de mercado total de US$ 580 bilhões (cerca de R$ 2,98 trilhões) para US$ 370 bilhões (R$ 1,9 trilhões).
  • Desde que atingiu uma alta histórica de US$ 68.990, em novembro do ano passado, a criptomoeda caiu mais de 70%.
  • O Ethereum caiu mais 8,4% nas últimas 24 horas, para US$ 1.011, 39% abaixo da semana anterior; outras moedas também foram afetadas, como BNB, com queda de 6,5% nas últimas 24 horas, Dogecoin (-4,9%) e Solana (- 4,3%).

Número expressivo

US$ 891,4 bilhões . Esse é o valor de mercado total atual de todas as criptomoedas em circulação, de acordo com o CoinMarketCap. O número caiu abaixo de US $ 1 trilhão pela primeira vez em mais de um ano na segunda-feira (13).

Contexto

O crash da criptomoeda começou na semana passada, depois que investidores ficaram assustados com a inflação surpreendentemente alta e um aumento iminente da taxa de juros pelo Federal Reserve. A queda acelerou na segunda-feira depois que o grande credor de criptomoedas Celsius anunciou que estava interrompendo todos os saques, aumentando os temores sobre seu futuro.

Um dia depois, se espalharam rumores de que o fundo de hedge Three Arrows Capital, com foco em criptomoedas, estava em perigo de insolvência depois de despejar US$ 40 milhões em tokens Ether. Na sexta-feira, o Wall Street Journal informou que o fundo de hedge investiu US$ 200 milhões no token Luna, agora em colapso, e foi ainda mais prejudicado pela decadência dos preços do bitcoin. A empresa contratou consultores para explorar opções, incluindo venda de ativos e resgate por outra empresa.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: