VTEX reforça tendência de liderança feminina em tecnologia

A empresa inclui cinco mulheres na alta gestão, uma maneira de trazer diversidade e entrar na briga por talentos da indústria.

Bruno de Lima
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Renata Lorenz é a nova vice-presidente de produto da VTEX, uma das novas lideranças femininas da empresa

Acessibilidade


A plataforma de comércio digital VTEX anunciou a contratação de cinco executivas para o seu time de tecnologia. O movimento da multinacional indica uma tendência que vem sendo abraçada por conta da necessidade do mercado de tecnologia, que é de ampliar a busca de profissionais na área de gestão – e incluir mulheres nesse leque. Além da procura por diversidade – já que esse era considerando um setor masculino até poucos anos atrás – , as empresas  precisam suprir a alta demanda por gente na área.

Só neste ano haverá um déficit de 400 mil vagas em tecnologia no Brasil, segundo estimativas da organização de fomento Softex. Números mostram que trazer lideranças femininas para o mercado está entre as soluções para reduzir o problema. Em 2020, mulheres correspondiam a 40,08% dos profissionais de tecnologia. No ano passado, foram 45,76%, de acordo com dados levantados pela Gupy, startup de gestão de pessoas.

Esse tipo de contratação acaba gerando efeito cascata e abrindo espaço para mais mulheres. As cinco lideranças femininas vêm na esteira da chegada de Fernanda Weiden, nova CTO da VTEX, uma executiva com uma carreira extensa em tecnologia, trilhada em boa parte do Facebook logo depois do IPO da companhia. Fernanda foi contratada em janeiro, grávida de quatro meses.

divulgacao
divulgacao

Letícia Faria assume o cargo de vp de operações para tecnologia na VTEX e já fez parte do fundo Monashees

A diferença de gênero, no entanto, ainda é grande nos cargos de gestão: em 2021, mulheres foram 41% das contratações de cargos gerenciais e apenas 27,4% de cargos de alta liderança, ou seja, de diretoria  e acima. “Elas trazem diversidade de perspectiva e contribuem para um ambiente mais inclusivo”, declara Geraldo Thomaz, fundador e co-CEO da empresa. O reforço chega após o IPO da empresa. Em julho de 2021, a VTEX chegou a Wall Street com sua oferta inicial de ações e levantou US$ 361 milhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As 5 novas executivas agora compõe um time que é responsável por mais de 2.500 lojas online em 32 países. Renata Lorenz será vice-presidente da área de produto, Leticia Faria vice-presidente de operações para tecnologia. Anaterra Oliveira assume a diretoria de engenharia de shopper journey, Laura Lessa é a nova diretora de design e Paula Fonseca vai atuar como diretora e será responsável pelos programas de formação e atração de talentos, área estratégica no mercado de tecnologia neste momento.

 

Compartilhe esta publicação: