Como as fintechs podem ajudar a proteger o futuro da indústria global

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Fintechs podem ser essenciais para o futuro da indústria global

A pandemia teve ramificações para muitas empresas, criando um futuro incerto para as empresas que, ao mesmo tempo, trabalham para inovar e se adaptar ao “novo normal”. A Covid-19 apenas acelerou a confiança na adoção de tecnologia, deixando companhias geridas por sistemas antigos para trás. As que melhoraram a conectividade prosperaram, mas é preocupante que o cenário atual tenha sido desanimador para novos participantes.

Enquanto os governos em todo o mundo estão divulgando pacotes de apoio sem precedentes, o risco de impostos punitivos sobre os empresários representa uma ameaça adicional. Como empreendedores, temos o dever de influenciar os formuladores de políticas e ajudar a desenvolver um pool global de talentos. Com nosso mundo agora mais conectado do que nunca, podemos trabalhar juntos para desenvolver ideias e implementar práticas que irão encorajar o compartilhamento global do espírito empreendedor, garantindo que os novos participantes não sejam desencorajados pelo cenário sombrio que estamos vendo hoje.

VEJA TAMBÉM: Fintech Melhortaxa atinge R$ 1 bi em intermediação de crédito imobiliário

Embora tenha havido vencedores e perdedores claros durante este período, sinto que o setor de fintech será a força vital de nossa recuperação. Durante cada crise, há mais oportunidades. Algumas das melhores invenções foram criadas nos tempos mais sombrios.

Pressões Externas Sobre o Setor

Os governos em todo o mundo estão buscando ideias sobre como retomar a economia durante estes tempos sem precedentes, anunciando pacotes econômicos e fiscais na esperança de manter as empresas e as pessoas ativas. No entanto, algumas dessas ações tiveram um impacto prejudicial na indústria de fintechs.

Para começar, muitas startups que estavam nos estágios iniciais quando a pandemia chegou agora estão passando por dificuldades ou, pior, fechando as portas, e obter novos fundos é uma solução. Além disso, há uma defasagem no número de novos participantes e as empresas permanecem privadas por mais tempo. A atividade no setor de fusões e aquisições pode diminuir. As despesas com pesquisa e desenvolvimento foram reduzidas à medida que as fintechs tentam fortalecer seus balanços.

Colhendo os benefícios da pandemia

Apesar da perspectiva sombria, há lampejos de esperança. Essas circunstâncias imprevistas causaram incerteza em algumas áreas, mas fizeram outras crescerem. O ambiente atual acelerou a necessidade de serviços financeiros prestados remotamente, pois a quarentena obrigou as pessoas a realizar atividades críticas de forma online. Esta é uma oportunidade imensa para os provedores inspirarem mais confiança em sua resiliência. A volatilidade do mercado que observamos também estimulou as negociações, e vimos um aumento nas transações eletrônicas em todo o mundo.

Antes, havia desconfiança nos avanços, mas a crise mostrou a força da boa tecnologia. Embora o cenário atual pareça desolador, os empreendedores devem começar seus negócios agora. Esta área está pronta para oportunidades. Por exemplo, agora que muitas empresas tiraram suas operações do offline, o pool de talentos é global. Vivemos em um mundo mais conectado do que nunca, e todos devemos aproveitar isso.

Muitos fatores externos estiveram fora de nosso controle durante esse período, mas uma coisa permanece clara: a resiliência do setor de fintech. A questão permanece: como os empreendedores aproveitam essa influência externa para ajudar a impulsionar uma recuperação global e incentivar o aumento da inovação em todo o mundo?

LEIA TAMBÉM: Impacto da pandemia nas startups, Avaya, Loft, Ser Educacional & Muito Mais

Criando soluções e mudança

Aqui estão algumas ideias para garantir que nossas vozes sejam ouvidas e que façamos parte da solução. Em primeiro lugar, do ponto de vista do talento, podemos usar nossa voz para pressionar os políticos a criar oportunidades para empreendedores, incentivando a redução de impostos e incentivos fiscais para fintechs incipientes. Isso irá fomentar o fluxo de talentos, dando ao setor uma vantagem competitiva. Afinal, também estamos ajudando a expandir a economia. À medida que os governos tentam recuperar as perdas dos pacotes de apoio, exija que os governantes não inibam o crescimento de negócios impulsionados pela inovação que poderiam acelerar o processo de recuperação.

Além disso, no Reino Unido, onde o Grupo LMAX está sediado, estamos vendo a chegada de inovação e talento no mercado, mas nosso investimento em infraestrutura está muito aquém. As empresas podem defender o investimento direto do governo para construir nossa infraestrutura e fazer do Reino Unido um centro de tecnologia global. Exija que o governo do Reino Unido invista em infraestrutura tecnológica e se torne mais flexível para atrair ainda mais investimentos e promover a inovação em negócios liderados por tecnologia, para que os negócios existentes e novos participantes possam apoiar a indústria britânica de fintech, especialmente quando o Reino Unido deixar a União Europeia no final do ano.

Isso pode ser seguido da redução do custo e a adoção de vistos rápidos para empreendedores. Os governos em todo o mundo devem trabalhar para fornecer incentivos para que os empreendedores se movam sem problemas, criando um centro de boas-vindas para negócios inovadores. Com um mundo tão conectado, parece que estamos perdendo oportunidades de talentos que poderiam ajudar diretamente na recuperação global.

Devemos também trabalhar no desenvolvimento de nossos funcionários talentosos por meio de programas financiados e aumentar a pesquisa e o desenvolvimento. Pode parecer contra-intuitivo investir em tempos tão turbulentos, mas agora, mais do que nunca, é a hora de colocar incentivo em programas inovadores, em vez de perder oportunidades de criação de soluções devido à falta de suporte.

VEJA MAIS: Gerando Falcões busca startups e capital internacional para transformação digital da favela

Os empreendedores têm a oportunidade de começar novos caminhos, usando a atual pandemia como uma oportunidade para conseguir o conjunto de talentos globais disponíveis para eles, adaptar seus negócios para refletir o novo ambiente em que vivemos e usar suas mentalidades orientadas por soluções para aproveitar novas oportunidades que podem impulsioná-los e apoiar seu crescimento enquanto navegamos por esta crise global.

Pensando no futuro

Eu realmente acredito que as fintechs terão um papel importante na recuperação da pandemia global. No entanto, a crise de Covid-19 já está prejudicando o setor. Como empreendedores, precisamos convocar nossa comunidade fintech para trabalhar em conjunto e criar ideias práticas e pragmáticas para revitalizar o setor e manter o fluxo de inovação.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).