Como o investimento de Jay-Z em uma fintech pode inspirar a inovação na indústria musical

Alberto Rodriguez/Getty Images
Alberto Rodriguez/Getty Images

Dono da empresa Marcy Venture Partners, o rapper Jay-Z se tornou um dos principais investidores do setor de tecnologia financeira

Há uma nova startup expandindo a indústria de tecnologia financeira e o Marcy Venture Partners (MVP) do ícone do rap Jay-Z é um investidor chave. A Perch Credit, com sede em Los Angeles, uma empresa gratuita de construção de pontuação de crédito fundada em 2019, fechou recentemente sua rodada de investimento inicial de US$ 2,5 milhões e lançou um novo aplicativo.

O CEO da Perch Credit, Michael Broughton, e o CTO, Ayush Jain, cofundaram a empresa para ajudar jovens adultos a construir rapidamente boas pontuações de crédito, acessando pontos de dados não tradicionais. Pagamentos recorrentes como aluguel, Spotify, Netflix e outras assinaturas de serviços comuns entre jovens adultos são usados como histórico de crédito para melhorar a pontuação do usuário.

LEIA TAMBÉM: Como as fintechs podem ajudar a proteger o futuro da indústria global

O MVP, que foi cofundado pelos cofundadores da Roc Nation Jay-Z e Jay Brown juntamente com o capitalista de risco Larry Marcus, está permitindo que a Perch Credit automatize a construção de pontuação de crédito e ofereça acesso gratuito a outras ferramentas financeiras e educacionais. Com ligações diretas com a indústria musical, a empresa também posiciona Broughton e Ayush para desenvolverem novas soluções de fintech projetadas especificamente para apoiar jovens artistas.

“A Perch está se voltando para sua rede… estando conectada a Marcy, Citi, Softbank e outros líderes nessa área, podemos realmente colocar nossa atenção e nos comunicar com nossos usuários em potencial”, diz Broughton. “Há tantas pessoas que precisam de acesso ao crédito – de jovens artistas a aspirantes a empreendedores – queremos ajudar a capacitar essas pessoas de uma forma moderna, gratuita e rápida.”

Broughton, agora com 21 anos, se inspirou para criar a Perch após enfrentar dificuldades financeiras ao entrar na Universidade do Sul da Califórnia (USC). Como um dos sete filhos de uma família militar, ele morou no Japão e na Coreia do Sul dos oito aos 16 anos. Quando voltou para os Estados Unidos, não estava familiarizado com o sistema de crédito e foi um dos primeiros membros de sua família a se inscrever para a faculdade. Logo ele descobriu que devia US$ 10 mil em mensalidades, mas teve o acesso aos programas de empréstimo negado. Por fim, ele acertou a diferença com a universidade e conseguiu se inscrever em cursos.

O primeiro investimento que a Perch recebeu foi um cheque de US$ 250 mil do MVP. Os cofundadores desfrutaram de um crescimento grande no ano passado e entraram na Y Combinator (YC), uma das maiores incubadoras do mundo para empresas como Airbnb, DoorDash e Twitch. Os empreendedores criaram o aplicativo no ano passado e desde então vêm colaborando com a Roc Nation da indústria da música, bem como com o produtor musical, compositor e executivo de gravações Tahj Morgan (JetsonMade).

Os investidores adicionais da Perch incluem Citi, Softbank Opportunity Fund, Concrete Rose e Village Capital. Antes do lançamento, o aplicativo tinha uma lista de espera de 25 mil usuários em potencial. O serviço foi lançado no iOS no final de janeiro e rapidamente deixou sua marca em 26 de janeiro como o produto número quatro do dia no Product Hunt, uma plataforma de compartilhamento e descoberta de produtos que apresenta comentários e uma estrutura de votação semelhante ao Reddit.

“Muitos jovens de 18 a 24 anos não têm acesso às ferramentas financeiras certas e o impacto desse problema se agrava por anos, às vezes décadas, até a idade adulta”, diz Sean Mendy, diretor executivo da Concrete Rose. “A equipe da Perch está construindo algo empolgante que acabará com essa lacuna social significativa… Michael é um fundador inspirador e excepcionalmente talentoso, motivado por sua experiência vivida. Estamos ansiosos para apoiar ele e Ayush enquanto eles criam produtos inovadores para atender às necessidades deste mercado crescente e mal servido da Geração Z.”

VEJA MAIS: Comércio eletrônico em alta, fintechs brasileiras, Rappi, Magalu & Muito Mais

Ao obter os pagamentos e assinaturas existentes de um usuário para demonstrar a responsabilidade para com os parceiros das agências de crédito dos EUA, a Perch estabelece rapidamente seu histórico de crédito. De acordo com Broughton, os usuários normalmente notam melhores pontuações de crédito em menos de 30 dias em comparação com os métodos tradicionais de cartão de crédito e baseados em empréstimos que normalmente levam entre seis e oito meses em média para os mesmos resultados.

Hoje, a Perch tem mais de 3.000 usuários com 1.000 pessoas adicionais convidadas a se inscrever a cada semana. A lista de espera também está crescendo e, olhando para o futuro, o primeiro grande marco da empresa será conectar mais de 100 mil usuários. Broughton e Jain estão otimistas sobre a realização de seu objetivo, considerando que Jain, um estudante de ciência da computação na USC já é um empresário de sucesso que cofundou uma empresa de entrega de drones, a DronesDash, aos 15 anos.

“Michael e Ayush, os fundadores da Perch, são empreendedores tenazes e adaptáveis que trabalham para resolver um problema realmente importante de bem-estar financeiro para a Geração Z”, disse Marcus, também diretor administrativo da MVP, em um anúncio.

Broughton e Jain estão se preparando para lançar uma série no YouTube sobre o tópico de inclusão financeira e alfabetização, aumentando a confiança em novos produtos fintech.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).