Locaweb anuncia aquisição de mais duas empresas

Credisfera e Dooca são as mais novas integrantes do ecossistema da empresa de soluções B2B.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Fernando Cirne, CEO da Locaweb, diz que estão construindo o mais completo ecossistema de soluções de e-commerce para PME’s do Brasil

Acessibilidade


A Locaweb, especializada em soluções B2B, anunciou na noite de ontem (18) mais duas aquisições. A companhia, que fez IPO há um ano, está usando parte dos recursos captados na ocasião para avançar em sua estratégia de fusões e aquisições.

Uma das empresas cuja operação foi anunciada nesta quinta-feira é Credisfera, fintech paulista criada em 2015 que oferece soluções de crédito para pequenas e médias empresas comprada por R$ 26,6 milhões. “Trata-se de uma plataforma extremamente sofisticada de oferta de crédito para PMEs. A estratégia da Locaweb ao adquiri-la é disponibilizar uma solução integrada, unindo a capacidade tecnológica e inteligência de crédito da Credisfera ao ecossistema de e-commerce da Locaweb”, explica Rafael Chamas, CFO e diretor de relações com investidores da Locaweb. “A Locaweb possui uma base de mais de 400 mil empresas, muitas que já vendem online e precisam de crédito para evoluírem os seus negócios. Como temos bastante conhecimento e previsibilidade dessa base, teremos condições de oferecer empréstimos com taxas extremamente competitivas, de forma simples e integrada” completa o executivo.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Quem também vai fazer parte do ecossistema Locaweb a partir de agora é a gaúcha Dooca, plataforma de e-commerce de fácil uso e design avançado adquirida por R$ 26,5 milhões. Desde 2019, a empresa vem consolidando um programa de parceria com agências de publicidade que, junto com outros canais de aquisição, teve um crescimento exponencial de mais 650% em números de clientes e um ARR (Receita Anual Recorrente) de R$ 5 milhões no ano passado.

“A Dooca construiu uma plataforma extremamente fácil de usar e que permite que pequenas empresas se digitalizem e comecem a vender online rapidamente”, diz Willians Marques, diretor geral da Locaweb Commerce, responsável por todas as unidades de soluções para e-commerce da companhia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“As sinergias incluem a entrada da Dooca no robusto ecossistema de commerce da companhia, passando a oferecer para toda a sua base de clientes a solução de pagamentos Yapay, as integrações com mais de 30 marketplaces e Store-in-Store do Ideris, soluções de logística com o Melhor Envio, as APIs de pagamentos recorrentes da Vindi e todo o portfólio de marketing digital com a Social Miner e All In“, completa Marques.

“Sabemos que o mercado de e-commerce ainda vai crescer muito nos próximos anos, mas precisávamos do suporte de um grande grupo para continuarmos a nossa jornada”, diz Dieter Fritsch, cofundador e CEO da Dooca.

Desde fevereiro de 2020, quando teve o IPO – considerado um dos mais bem-sucedidos do ano – e a Locaweb levantou R$ 1 bilhão, a empresa vem fazendo aquisições. A mais recente foi em janeiro, quando comprou a ConnectPlug, plataforma SaaS criada em 2015 em Curitiba que reúne soluções de PDV, ERP e autoatendimento para restaurantes, comércio e varejo em geral por R$ 18 milhões. Em dezembro do ano passado, a plataforma de logística Melhor Envio foi adquirida por R$ 83 milhões e a Ideris, plataforma de integrações de marketplaces, por R$ 18,3 milhões. Antes dela, vieram a Vindi, empresa de software as a service (SaaS) que faz gestão de pagamentos recorrentes, por R$ 180 milhões; a Social Miner, de tecnologia para e-commerces e varejistas, por R$ 22,2 milhões; e a Etus Social, empresa de solução para gestão de marketing digital, por R$ 18,95 milhões.

VEJA TAMBÉM: Locaweb anuncia aquisição da ConnectPlug

“Já são oito importantes aquisições e, com elas, estamos construindo o mais completo ecossistema de soluções de e-commerce para PME’s do Brasil”, diz Fernando Cirne, CEO da Locaweb. “Criamos uma metodologia muito acertada para fazer aquisições e integrá-las.”

Segundo comunicado da Locaweb, os sócios fundadores das duas empresas permanecerão nas operações e manterão os times de colaboradores.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: