Protótipo de foguete da SpaceX explode na aterrissagem após teste de lançamento

Starship SN9 pode levar 100 toneladas de carga e seres humanos em missões futuras para a Lua e Marte.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Gene Blevins/Reuters
Gene Blevins/Reuters

SpaceX Starship SN9 explode durante testes em Boca Chica, Texas (EUA)

Acessibilidade


Um protótipo do foguete Starship da SpaceX explodiu durante o pouso após um lançamento bem-sucedido em grande altitude em Boca Chica, no Estado norte-americano do Texas, ontem (2), em uma repetição do acidente que destruiu um outro foguete de teste anterior.

O Starship SN9 que explodiu em sua descida final, assim como o SN8 antes dele, era um protótipo para o foguete de cargas pesadas em desenvolvimento pela empresa espacial do empreendedor bilionário Elon Musk que pode levar 100 toneladas de carga e seres humanos em missões futuras para a Lua e Marte.

LEIA MAIS: SpaceX lança foguete com 143 satélites

O foguete autoguiado cortou o céu claro do Texas saindo de sua plataforma de lançamento no que parecia ser uma decolagem perfeita na cobertura transmitida ao vivo em streaming da NASA-SpaceX.

Ao chegar ao pico de seu voo, a espaçonave então planou momentaneamente no ar, desligou seus motores e executou uma manobra planejada virando de barriga para baixo para descer de ponta sob controle aerodinâmico em direção à Terra.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Os problemas parecem ter começado quando o Starpship, depois de virar apontando para cima novamente para começar sua sequência final de pouso, tentou reacender seus propulsores Raptor, e um deles não funcionou. O foguete caiu rapidamente ao chão em uma bola de fogo. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: