Oracle lança serviço de computação em nuvem baseada em tecnologia da Arm

Até recentemente, quase todos os chips usados em aplicações de computação em nuvem eram comprados da Intel e da AMD.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

A Oracle também afirmou que vai pagar um aluguel equivalente a US$ 0,01 por núcleo de processamento por hora

Acessibilidade


A Oracle lançou hoje (25) serviço de computação em nuvem baseado em chips da Ampere projetados com tecnologia da Arm, na segunda maior companhia a oferecer o serviço com tecnologia Arm, após a Amazon Web Services.

Até recentemente, quase todos os chips usados em aplicações de computação em nuvem eram comprados da Intel e da AMD, porque a maior parte do software corporativo é desenvolvido para ser executado por produtos destas empresas.

LEIA TAMBÉM: Ericsson sinaliza risco de perder participação de mercado em 5G na China

Isso começou a mudar em 2018 quando a Amazon, maior empresa de computação em nuvem do mundo, anunciou um serviço que usa seu próprio chip produzido com propriedade intelectual da Arm.

A Ampere Computing foi fundada pelo ex-presidente da Intel Renee James, também membro do conselho de administração da Oracle. A Oracle afirmou que vai pagar um aluguel equivalente a US$ 0,01 por núcleo de processamento por hora, menos da metade do que a empresa afirma que é cobrado por rivais. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: