NFT de vitória de Andy Murray em Wimbledon é leiloado por US$ 178 mil

Tim Hans/WENEW/via REUTERS
Tim Hans/WENEW/via REUTERS

NFT de vitória de Andy Murray em Wimbledon é leiloado

Um NFT (Token Não Fungível) que representa o momento em que Andy Murray conquistou Wimbledon em 2013 foi vendido por US$ 177.777 em um leilão hoje (5), anunciou a plataforma que organizou a venda.

O astro escocês do tênis anunciou no mês passado que uma série de itens de colecionador baseados em blockchain que representam sua vitória em Wimbledon estariam à venda em uma plataforma chamada Wenew, que vende vídeos de momentos da cultura e da história na forma de NFTs.

LEIA MAIS: Plataforma brasileira de NFTs musicais leva a leilão itens raros da banda Mamonas Assassinas

Um NFT é um criptoativo que registra a propriedade de um item digital, como uma imagem, vídeo ou texto, em blockchain. Embora qualquer pessoa possa vê-lo ou fazer seu download, só o dono pode reivindicar propriedade.

O comprador do momento de Murray em Wimbledon não deterá os direitos autorais do vídeo, mas receberá uma pequena tela digital para exibi-lo, dois ingressos para a quadra central no torneio masculino de 2022, uma chance de jogar tênis com Murray e suvenires autografados.

Murray disse que soube dos NFTs quando o artista digital norte-americano Beeple vendeu uma obra de arte em NFT por US$ 69,3 milhões na Christie’s em março – Beeple é um dos fundadores do Wenew.

“Ainda estou aprendendo sobre NFTs, mas parece uma área empolgante e na qual tenho certeza que mais atletas e criadores de conteúdo se envolverão”, disse Murray à Reuters via email.

Murray afirmou que não possui criptomoedas ou criptoativos como os NFTs, mas que está aprendendo mais a cada dia e que comprará um “momento” NFT do Wenew no futuro. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).