Google anuncia chip próprio em próximos celulares Pixel

Empresa abandona processadores da Qualcomm, usados nos aparelhos desde 2016

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O processador do Google, chamado de Tensor, vai equipar os smartphones Pixel 6 e Pixel 6 Pro

Acessibilidade


O Google vai usar processadores projetados internamente na próxima versão do celular Pixel que será lançado no final deste ano, abandonando chips da Qualcomm que equipavam os aparelhos da companhia há mais de 15 anos.

O processador do Google, chamado de Tensor, vai equipar os smartphones Pixel 6 e Pixel 6 Pro, anunciou a companhia sem dar detalhes.

LEIA TAMBÉM: UE multa Amazon em US$ 886 milhões em caso sobre privacidade de dados

As ações da Qualcomm, maior projetista de chips para dispositivos móveis do mundo, tinham leve queda de 0,2% após o anúncio.

No ano passado, a Apple começou a usar seus próprios chips em seus computadores Mac, afastando-se da Intel. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

>/center>
Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: