Intel perde processo de infração de patentes de US$ 2,18 bilhões

O juiz reafirmou decisão anterior, que concedeu à VLSI direito de receber de US$ 1,5 bilhão e US$ 675 milhões

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

A Intel queria anular um veredicto de júri que mandou a empresa pagar US$ 2,18 bilhões à VLSI Technology

Acessibilidade


Um juiz dos Estados Unidos rejeitou a proposta da Intel para anular um veredicto de júri que mandou a empresa pagar US$ 2,18 bilhões à VLSI Technology por violação de patente.

O juiz distrital Alan Albright negou recurso da Intel para um novo julgamento e reafirmou decisão anterior, que em 2 de março concedeu à VLSI direito de receber pagamentos de US$ 1,5 bilhão e US$ 675 milhões pela violação de duas patentes que antes eram detidas pela holandesa NXP Semiconductors.

LEIA TAMBÉM: Intel negocia compra da GlobalFoundries por cerca de US$ 30 bilhões

Representantes da Intel não comentaram o assunto de imediato.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: