Amazon anuncia robô doméstico Astro e outros dispositivos tecnológicos

A Forbes elencou cinco recursos que mudaram o dia a dia dos clientes da empresa.

Daniel Newman
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O Amazon Astro foi apresentado durante o anúncio de dispositivos e serviços da gigante varejista, em 28 de setembro

Acessibilidade


Ontem (28), a Amazon realizou seu evento anual de dispositivos e serviços, onde a gigante do comércio eletrônico revelou vários novos dispositivos, recursos e produtos domésticos inteligentes projetados para ajudar a melhorar a vida dos clientes. O evento foi recheado de anúncios, mas sem dúvida o lançamento do Amazon Astro, um robô doméstico pessoal, roubou o show.

Além dos anúncios de produtos, o compromisso da Amazon em construir afinidade com o cliente e lealdade de longo prazo estava em plena exibição. Quando a Amazon lançou o Echo em 2014, foi um pouco complicado, mas, agora, esses dispositivos onipresentes estão em residências, escritórios e veículos. Eles também abriram as portas para toda uma indústria de dispositivos domésticos inteligentes e automações, todos com o objetivo de simplificar nossas vidas. Os anúncios parecem continuar a jornada das modestas atualizações para os desenvolvimentos mais fora do comum.

Embora os produtos em si sejam sempre empolgantes e interessantes, o que fica cada vez mais claro é que o objetivo da Amazon com seu braço de dispositivos não é apenas gerar receita para a empresa, mas criar experiências e desenvolver parcerias que abram canais para clientes ao longo da vida e impulsione fortes adoção do portfólio de serviços em rápido crescimento da empresa.

LEIA TAMBÉM: Startups da América Latina receberam mais de US$ 36 bilhões em 5 anos

Recapitulando os anúncios

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O tema abrangente dos anúncios deste ano poderia ser colocado simplesmente como a melhoria da qualidade de vida da juventude à velhice. A Amazon colocou o usuário em primeiro lugar durante o processo de desenvolvimento e, embora alguns deles possam parecer um pouco malucos no início, tenho certeza de que outros se tornarão tão onipresentes quanto o Echo.

A Forbes elencou alguns dos dispositivos e recursos:

Echo Show 15 – Um hub digital para a casa com uma tela “que facilita a visualização de informações importantes para indivíduos e famílias. Com notas adesivas, um calendário compartilhado, a capacidade de controlar dispositivos domésticos inteligentes, outros recursos da Alexa e opções de streaming, este dispositivo pode facilmente ser a base para qualquer casa inteligente.

Amazon Glow e conteúdo infantil – Uma coisa que a Amazon faz bem é desenvolver o pipeline de clientes há muito tempo. O mais recente produto voltado para os jovens é o Amazon Glow, que permite que famílias e crianças permaneçam conectadas com seus entes queridos. Isso é mais do que apenas um dispositivo de videochamada. Possui uma tela ”e um espaço projetado sensível ao toque” que permitirá às crianças fazerem arte, ler e jogar, entre outras coisas. A Amazon também anunciou colaborações com a Disney, Mattel, Nickelodeon e Sesame Street para desenvolver conteúdo especificamente para o Amazon Glow.

Atualizações da família Halo– A Amazon expandiu suas ofertas de saúde e fitness com o Halo View, um wearable de fitness com métricas de saúde, rastreamento de exercícios e uma bateria impressionante. Com um display AMOLED brilhante, os usuários podem monitorar facilmente sua saúde. Levando a família Halo um passo adiante, eles também anunciaram o Halo Fitness, um serviço de conteúdo fitness sob demanda com centenas de treinamentos com qualidade de estúdio. As aulas são integradas ao hardware Halo para que os usuários possam visualizar suas métricas em tempo real durante o treino. Mas saúde e bem-estar não são apenas exercícios, o Halo Nutrition é uma ferramenta personalizada que ajudará os usuários a criar e manter hábitos alimentares saudáveis. Com mais de 500 receitas de vários parceiros e uma conexão com a lista Alexa Shopping, ser saudável nunca foi tão fácil.

Soluções para Casas Inteligentes– Este ano, a Amazon lançou uma série de produtos para casa inteligente, solidificando sua parceria com a Ring. Com as câmeras Ring Always Home, Ring Alarm Pro e Virtual Security Guard, os usuários podem garantir que a casa esteja sempre protegida de dentro para fora. Esses sistemas também protegem as residências contra inundações, incêndios e ameaças online – todas as preocupações em nosso mundo atual.

Amazon Together– Cuidar de um membro mais velho da família não é uma tarefa fácil. Que é o que a empresa está procurando melhorar com o Amazon Together. Este novo serviço foi projetado para ajudar os idosos a viverem independentemente, ao mesmo tempo que oferece tranquilidade aos membros da família. Os recursos incluem acesso a uma linha de ajuda de emergência 24 horas por dia, 7 dias por semana e é compatível com dispositivos que podem detectar quedas.

Os robôs chegaram. O grande anúncio do evento foi definitivamente o Astro, que a Amazon está promovendo como um “robô pioneiro”. Dizem que esse dispositivo sobre rodas, que me lembra vagamente a governanta dos Jetsons, monitora sua casa enquanto você está fora para lhe dar paz de espírito. Com a tecnologia Intelligent Motion, o Amazon Astro pode navegar pela sua casa e verificar quartos, pessoas ou animais de estimação específicos. Esse sistema de segurança móvel tem muito espaço para crescimento, mas é um ponto de partida interessante para robôs domésticos.

Serviço de assinaturas

Embora muitos desses novos dispositivos possam ser apenas uma compra única, a Amazon está abrindo a porta para fluxos de receita contínuos para serviços de assinatura para quase todos os dispositivos. E é para lá que penso que a maior parte dos negócios de dispositivos da Amazon se dirige. Do Care Hub que funciona com a Amazon Together ao Ring Protect Pro que funciona com dispositivos Ring e Astro, a gigante varejista está gerando receita por meio de serviços de assinatura simples que desbloqueiam mais recursos e prometem tornar a vida mais fácil. Juntamente com a natureza atraente do Prime para música, filmes e outros conteúdos, a taxa de adesão só deve continuar a crescer à medida que mais dispositivos e formatos são introduzidos e chegam às residências e empresas. Com acesso ao conteúdo, a promessa de segurança e a facilidade de uso, é fácil ver como esses novos dispositivos vão se tornar essenciais para a casa.

Ao mesmo tempo, os anúncios exibiam mais do que apenas novos produtos. A Amazon está jogando um longo jogo quando se trata de construir a fidelidade do cliente. Durante o evento, Debra Chrapaty, vice-presidente da Alexa, compartilhou histórias sobre o impacto positivo que o dispositivo teve na vida dos clientes nos últimos sete anos. Como disse um usuário, “esses dispositivos são muito mais do que compras e música”. E é isso que a Amazon parece estar buscando.

É mais do que um produto que controla as luzes e o termostato, é uma experiência. A Amazon está incorporando tecnologia de ambiente em mais e mais dispositivos, criando relações mais humanas por meio da utilização de inteligência artificial. Isso é evidente nas interações aprimoradas com dispositivos do gênero. A tecnologia ambiente também terá um grande papel em tornar o Astro um grande sucesso. Os pequenos sons, a natureza intuitiva e capacidade de resposta e a capacidade de construir um senso de empatia com seus usuários.

Além disso, esses dispositivos estão criando um senso de lealdade com a Amazon e com parceiros confiáveis ​​como Ring e Honeywell. A varejista faz isso melhor do que ninguém. O único outro assistente doméstico que se aproxima do conjunto de dispositivos da Amazon é o Google Home, mas a Google não oferece o mesmo nível de experiência que a Amazon oferece – o que é um grande diferencial.

Claro, a Amazon terá que continuar a lidar com questões de privacidade e não espero que isso mude tão cedo. À medida que os dispositivos da empresa se tornam cada vez mais integrados em nossas vidas, podemos esperar que a companhia seja solicitada a responder por sua coleta, uso e gerenciamento de dados. O Ring, por exemplo, tem oferecido opções expandidas para seus usuários implementarem criptografia ponta a ponta de seus produtos, o que oferece maior privacidade de dados, mas limita alguns dos benefícios de monitoramento e comunidade. A troca de dados e privacidade por conveniência e experiência será um tópico na mente de muitos consumidores por muitos anos. Acredito que a Amazon está gerenciando isso tão bem quanto qualquer grande empresa de tecnologia, mas isso não impedirá que o assunto apareça regularmente na mídia e para os legisladores.

No geral, o lançamento proporcionou muita inovação e novos produtos e serviços para os consumidores se entusiasmarem. Embora os preços de alguns dos novos produtos possam ser proibitivos no início para um segmento da população – estou olhando para você, Astro – acredito que, a longo prazo, esses dispositivos só continuarão a aumentar a base de clientes da Amazon e a fidelidade do cliente, que por sua vez gerará mais receita e uma conexão mais profunda entre a empresa, os dados do cliente e o compartilhamento em cada residência. E não é esse o objetivo final?

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: