Astronautas chineses voltam de missão de 90 dias em estação espacial

Essa foi a primeira viagem tripulada ao espaço realizada pela China desde 2016.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reuters/China Central Television
Reuters/China Central Television

Missão tripulada ao espaço foi a primeira realizada pela China desde 2016

Acessibilidade


Três astronautas chineses voltaram à Terra hoje (17) após uma visita de 90 dias a uma estação espacial inacabada, a primeira missão tripulada do país desde 2016.

Em uma cápsula de retorno pequena, Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo pousaram intactos na região autônoma da Mongólia Interior, no norte da China, às 13h34 locais, noticiou a mídia estatal.

LEIA TAMBÉM: Primeira tripulação civil entra em órbita a bordo da espaçonave da SpaceX

A missão Shenzhou-12 foi a primeira de quatro tripuladas planejadas para o período entre 2021 e 2022 agora que a China monta sua primeira estação espacial permanente. O processo exige 11 missões, incluindo os lançamentos dos três módulos da estação.

A construção começou em abril com o lançamento do módulo Tianhe, a futura habitação da estação espacial. Pouco maior do que um ônibus, a Tianhe foi onde Nie, Liu e Tang permaneceram a partir de meados de junho, cumprindo a missão de voo espacial mais longa da China.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em órbita, os astronautas realizaram caminhadas espaciais, validaram o sistema de manutenção da vida da Tianhe, testaram seu braço robótico e organizaram os suprimentos das próximas missões tripuladas.

A segunda missão tripulada está planejada para outubro, e a leva seguinte de astronautas deve se hospedar na Tianhe durante seis meses.

Antes da missão Shenzhou-13, a China enviará a espaçonave de carga automatizada Tianzhou-3 à estação espacial para abastecê-la para a próxima tripulação.

A Tianzhou-3 será lançada no futuro próximo, disse a mídia estatal recentemente. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: