Montar uma casa inteligente: quanto custa e do que você precisa?

Com receita prevista de R$ 16 bilhões até 2025, o mercado de residências automatizadas cresce mais de 20% ao ano no país.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Para até 2025, as previsões da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside) são de um crescimento anual de 22% do ecossistema de casas inteligentes

Acessibilidade


Preparar o café da manhã com um comando de voz. Reduzir ou aumentar a claridade da sala sem mover um botão. Fechar as cortinas apenas com um sinal sonoro. As casas inteligentes não são mais elementos de ficção. Elas estão em funcionamento, já são realidade para milhões de pessoas e movimentam uma indústria cada vez mais lucrativa e com crescimento anual de dois dígitos.

Estudo da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside) identificou que, em 2020, o número de residências no Brasil com algum tipo de sistema automatizado era de 2 milhões. No ano de 2016, esse índice não passava de 300 mil. Para até 2025, as previsões da entidade são de um crescimento anual de 22% e receita estimada em R$ 16 bilhões. Para João Paulo Alqueres, da Iara Digital, startup especializada em assistentes de voz, a automação residencial representa um mercado real, lucrativo e em pleno crescimento.

LEIA TAMBÉM: Alexa e Google Assistente impulsionam novos negócios baseados em voz

“A automação se dá através da junção de eletrodomésticos e eletrônicos preparados para serem operados de forma automática ou por comandos de voz ou no celular. Existem diversos players no Brasil que criam produtos para este tipo de categoria chamada de Casa Inteligente, dentre eles Positivo, Smarteck, Steck e Philips, para citar alguns”, explica João.

O especialista reforça que a automação de uma casa ou apartamento começa com uma conexão que dê suporte a todos os sistemas. “Sua casa precisará estar totalmente conectada por uma rede sem fio (recomenda-se as redes mesh) para que os aparelhos consigam receber instruções que podem sair de dispositivos inteligentes como caixa de som com o serviço Alexa ou Google Assistente, além de aplicativos de celular”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A seguir, algumas recomendações de João Paulo sobre os itens básicos para automação dos principais cômodos de uma casa. Vale lembrar que os valores variam de acordo com os modelos, marca e também quantidade dos equipamentos utilizados, mas representam uma estrutura básica.

  • Banheiro
    Lâmpada Inteligente (R$ 70) – A forma mais simples de automatizar a iluminação de um ambiente, pois não precisa de ajuste elétrico.

    Interruptor inteligente (R$ 215) – Substitui o interruptor padrão, mas é necessário um fio neutro para alimentar o módulo.

    Interruptor Mini Inteligente (R$ 250) – É um módulo inteligente pequeno, que cabe dentro de uma caixa de interruptor padrão brasileiro, que permite que o usuário continue com o seu interruptor padrão, mas adicione o acionamento via aplicativo e assistentes.

  • Cozinha
    Lâmpada Inteligente (R$ 70) – A forma mais simples de automatizar a iluminação de um ambiente, pois não precisa de nenhum ajuste elétrico.

    Tomada (plugue) Inteligente (R$ 80) – Também um dos meios mais simples de automatizar um aparelho eletrônico como uma cafeteira ou microondas.

    Interruptor inteligente (R$ 215) – Substitui o interruptor padrão das casas, mas é necessário um fio neutro para alimentar o módulo.

    Interruptor Mini Inteligente (R$ 250) – É um módulo inteligente pequeno, que cabe dentro de uma caixa de interruptor padrão brasileiro, que permite que o usuário continue com o seu interruptor padrão, mas adicione o acionamento via aplicativo e assistentes.

  • Quarto
    Lâmpada Inteligente (R$ 70) – A forma mais simples de automatizar a iluminação de um ambiente, pois não precisa de nenhum ajuste elétrico.

    Tomada (plugue) Inteligente (R$ 80) – Também um dos meios mais simples de automatizar um aparelho eletrônico como um carregador de celular.

    Interruptor inteligente (R$ 215) – Substitui o interruptor padrão das casas, mas é necessário um fio neutro para alimentar o módulo.

    Interruptor Mini Inteligente (R$ 250) – É um módulo inteligente pequeno, que cabe dentro de uma caixa de interruptor padrão brasileiro, que permite que o usuário continue com o seu interruptor padrão, mas adicione o acionamento via aplicativo e assistentes.

    Sensor de Porta ou Janela Inteligente (R$ 300) – É um sensor colocado na parte superior da porta que, depois de configurado em seu aplicativo, te informa quando a janela estiver aberta/fechada.

    Trilhos/Persiana (R$ 1600) – Como na sala, no quarto também há possibilidade de instalar trilhos motorizados (para cortinas de correr) e motor tubular (para persianas) para automatizar as cortinas e persianas.

  • Sala
    Fechadura (R$ 1000) – Não é uma automação que utiliza voz, mas sim biometria ou código, mas é importante para a proteção.

    Câmeras (R$ 500) – Elas podem ser espalhadas pela casa para garantir que você nunca mais vai ficar se perguntando se deixou alguma janela aberta. As câmeras podem ser controladas por aplicativo de celular ou na tela de um dispositivo da Alexa ou do Google Assistente.

    Speaker (R$ 450) – O centro de controle da sala da casa inteligente é feito por voz através de um dispositivo caixa de som inteligente. Ele pode se conectar com diversos eletrônicos atualmente, desde televisores a ar-condicionado, cortinas e lâmpadas.

    Controle Remoto (R$ 120) – Para automatizar uma TV, por exemplo, comece pelo controle remoto. Ele funciona como um controle universal e pode fazer de tudo, desde escolher canais na sua televisão até criar modos específicos para ver filmes, jogar e assistir esportes.

    Trilhos para Cortinas (R$ 1600) – Outra opção de automatização são os trilhos para as cortinas. Estes também funcionam conectados ao dispositivo da Alexa e Google e podem ser integrados ao que se chamam de “cenas” que são configurações pré-estabelecidas de cortinas, luzes e televisão.

Banheiro
Lâmpada Inteligente (R$ 70) – A forma mais simples de automatizar a iluminação de um ambiente, pois não precisa de ajuste elétrico.

Interruptor inteligente (R$ 215) – Substitui o interruptor padrão, mas é necessário um fio neutro para alimentar o módulo.

Interruptor Mini Inteligente (R$ 250) – É um módulo inteligente pequeno, que cabe dentro de uma caixa de interruptor padrão brasileiro, que permite que o usuário continue com o seu interruptor padrão, mas adicione o acionamento via aplicativo e assistentes.

 

Compartilhe esta publicação: