Roubo de NFTs da coleção Bored Ape soma R$ 64 milhões e alerta investidores

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Reprodução

Uma das coleções de NFT mais valiosas do mundo, a BAYC já movimentou R$ 5 bilhões

Acessibilidade


A Bored Ape Yatch Club (BAYC), uma das coleções de NFT mais valiosas do momento, com valor estimado em R$ 5 bilhões, ganhou evidência nesta semana novamente. Desta vez, não foi pela comemoração de um ano de sua criação ou pela compra de mais um NFT por Neymar. A Yuga Labs, empresa responsável pelos ativos, informou que um ataque hacker gerou um roubo direto de mais de R$ 15 milhões em NFTs. A estimativa é de que, no total, o prejuízo aos investidores possa chegar a R$ 64  milhões.

A Yuga afirmou, no entanto, que o ataque não ocorreu na plataforma onde os NFTs são comercializados, mas sim na conta de Instagram da coleção onde foi realizado um golpe de phishing, considerado muito comum. Em especial, no caso da BAYC, as vítimas receberam links com promessas de investimentos no metaverso e outras possibilidades que acabaram atraindo e transformando alguns investidores em vítimas. Como ação, a Yuga afirmou que avisou os membros da comunidade e excluiu todos os links suspeitos detectados.

LEIA TAMBÉM: Um ano depois, como a Bored Ape tornou-se um fenômeno em NFTS

Os ataques relacionados a NFTs e criptomoedas vêm crescendo na mesma proporção em que essas tecnologias se tornam populares. Em março, a blockchain Ronin disse que hackers roubaram criptomoedas de seus sistemas no valor de quase R$ 3 bilhões, em um dos maiores roubos de ativos digitais já registrados. A Ronin é usada como base para o popular jogo online Axie Infinity, que é baseado em blockchain.

Bored Ape, um fenômeno em NFTs

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Há um ano, de forma despretensiosa, surgia a Bored Ape Yacht Club (BAYC), uma coleção de NFTs que atraiu muito mais do que investidores, mas pessoas famosas e dispostas a fazer parte de um clube de exclusividades. Como uma coleção com macacos irreverentes poderia valer tanto?

Em março, a Yuga Labs, criadora da coleção, teve seu valor de mercado avaliado em mais de R$ 20 bilhões. Isso ocorreu após sua primeira captação, estimada em R$ 2,1 bilhões. Dentre os nomes envolvidos na Series estão tradicionais players de criptomoedas e games como Animoca Brands, Coinbase, FTX e MoonPay.

Até o início de abril, a BAYC havia gerado mais de R$ 5 bilhões de um total de 10 mil NFTs vendidos sendo que seu grande êxito está nas pessoas que adquirem seus tokens. Dentre celebridades que desembolsaram quantias expressivas estão Post Malone, DJ Khaled, além de atletas e empresários. Entre eles, o jogador brasileiro Neymar que, em janeiro deste ano, desembolsou pouco mais de R$ 6 milhões por duas peças da coleção e nesta semana comprou um novo NFT em valor aproximado de R$ 800 mil.

Compartilhe esta publicação: