Instagram desiste de ficar parecido com o TikTok por enquanto

Após reclamações, Instagram desistiu de várias mudanças planejadas em sua plataforma, incluindo a priorização de conteúdo de vídeo

Marisa Dellatto
Compartilhe esta publicação:
Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

Mudanças no Instagram foram recebidas com reclamações generalizadas

Acessibilidade


O Instagram pausará temporariamente algumas novas mudanças na plataforma de mídia social que a tornaram mais parecida com seu concorrente TikTok, disse o chefe do Instagram Adam Mosseri ao jornalista de tecnologia Casey Newton hoje (28), depois que as mudanças planejadas geraram uma reação generalizada dos usuários do aplicativo, inclusive de grandes criadores como Kylie Jenner e Kim Kardashian.

Mosseri disse que “as pessoas estão frustradas” com o redesenho do feed do Instagram, como sua mudança para tela cheia que foi lançada para alguns usuários, citando “dados de uso”.

Leia mais: Competição com TikTok e mudanças da Apple devem pressionar Meta

O Instagram mostrará temporariamente aos usuários menos conteúdo recomendado em seus feeds, disse Mosseri, até que essa função seja aprimorada.

Apesar das reclamações, Mosseri disse que o aplicativo ainda prioriza o conteúdo de familiares e amigos dos usuários, em vez de marcas, porque “mais fotos e vídeos são compartilhados em histórias em um dia do que compartilhados no feed” e por meio de DMs.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mosseri disse que a maneira como o Instagram é projetado teve pouco efeito sobre a tendência dos usuários de assistir a mais vídeos na plataforma de mídia social, como muitos críticos sugeriram, alegando que “o crescimento do vídeo que vimos é muito anterior a nos inclinarmos mais para recomendações e conteúdo desconectado.”

“Estou feliz por termos arriscado – se não estamos falhando de vez em quando, não estamos pensando grande o suficiente ou ousando o suficiente. Mas definitivamente precisamos dar um grande passo para trás e nos reagrupar.”

Adam Mosseri, chefe do Instagram

Contexto

Na semana passada, o Instagram anunciou várias mudanças planejadas em sua plataforma, incluindo a priorização de conteúdo de vídeo em vez de fotos, que eram o foco do aplicativo desde o início.

As mudanças foram recebidas com reclamações generalizadas de usuários médios e grandes criadores com milhões de seguidores, levando Mosseri a fazer um vídeo na terça-feira abordando as preocupações.

A Meta – empresa controladora do Instagram e do Facebook – viu o crescimento exponencial do aplicativo de vídeo TikTok como uma ameaça à sua própria. Em 2020 lançou o Reels, um concorrente de vídeo do TikTok.

Meta relatou seu primeiro declínio na receita ontem (27), com US$ 28,8 bilhões no segundo trimestre deste ano, uma queda de quase 1% em relação ao mesmo período de 2021.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: